Lira pede renúncia imediata de presidente da Petrobras

Lira pede renúncia imediata de presidente da Petrobras

Declaração do parlamentar ocorre após anúncio de novo reajuste na gasolina e no diesel

Correio do Povo e R7

Lira faz críticas a presidente da Petrobras

publicidade

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), afirmou nesta sexta-feira, em publicação no Twitter, que o presidente da Petrobras, José Mauro Ferreira Coelho, tem que "renunciar imediatamente". A declaração do parlamentar ocorre após a estatal anunciar novo reajuste da gasolina e do diesel, que vale a partir deste sábado. 

Com a atualização, o preço médio de venda de gasolina passará de R$ 3,86 para R$ 4,06 por litro, alta de 5,2%. Já o valor do diesel será reajustado em 14,3%, de R$ 4,91 para R$ 5,61 por litro.

Lira também afirmou que o presidente da Petrobras "só representa a si mesmo e deixará um legado de destruição para o país". 

No comunicado em que anuncia a atualização, a Petrobras afirma que "tem buscado o equilíbrio dos seus preços com o mercado global, mas sem o repasse imediato para os preços internos da volatilidade das cotações internacionais e da taxa de câmbio".

Com a mistura obrigatória de 73% de gasolina A e 27% de etanol anidro para a composição da gasolina comercializada nos postos, a parcela da Petrobras no preço aos motoristas passará de R$ 2,81, em média, para R$ 2,96 a cada litro vendido nos postos.

Já no caso do diesel, que conta com uma mistura obrigatória de 90% de diesel A e 10% de biodiesel em sua composição, a parcela da empresa no preço ao consumidor passará de R$ 4,42, em média, para R$ 5,05 a cada litro vendido na bomba.

Sinalizado nos últimos dias, o reajuste dos combustíveis causou tensão entre o presidente Jair Bolsonaro (PL) e a companhia. Em publicação nas redes sociais, o chefe do Executivo afirma que a determinação “pode mergulhar o Brasil num caos”.

Veja Também


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895