Lula anuncia aumento do salário mínimo e da isenção do Imposto de Renda; veja valores

Lula anuncia aumento do salário mínimo e da isenção do Imposto de Renda; veja valores

Mudanças foram anunciadas durante pronunciamento do presidente em rede nacional, neste domingo (30)

R7

Medidas foram anunciadas durante pronunciamento oficial neste domingo

publicidade

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) vai assinar as medidas que autorizam o aumento do salário mínimo e a expansão da faixa de isenção do Imposto de Renda nesta segunda-feira (1°).

O salário mínimo passará de R$ 1.302 para R$ 1.320. A nova faixa de isenção do Imposto de Renda (IR) será de R$ 2.640. Sem correção desde 2015, a tabela estava em R$ 1.903,98.

A confirmação de que as iniciativas passam a valer a partir de segunda (1°) foi feita neste domingo (30), no primeiro pronunciamento de Lula à população brasileira em rede nacional.

“É um aumento pequeno, mas acima da inflação pela primeira vez, em seis anos”, afirmou o presidente. O discurso foi transmitido pela televisão, pelo rádio e pelas redes sociais oficiais do governo.

A fala durou cerca de quatro minutos. 

As iniciativas, que contemplam os trabalhadores, eram promessas de campanha eleitoral e foram anunciadas diversas vezes por integrantes do governo federal desde o início do mandato.

Na sexta-feira (28), o ministro do Trabalho e Emprego, Luiz Marinho, confirmou que o presidente assinará as duas medidas para que elas comecem a valer a partir de 1º de maio.

A intenção é que, ao longo do mandato, a faixa de isenção do Imposto de Renda chegue a R$ 5.000. Para os próximos anos, a estratégia do governo é restabelecer a política de valorização permanente do salário mínimo por meio de um projeto de lei. Esse PL deve ser encaminhado ao Congresso Nacional nos próximos dias, de acordo com Lula. 


Mais Lidas

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895