Lula desembarca em Xangai e é recebido por Dilma

Lula desembarca em Xangai e é recebido por Dilma

Visita à China é tratada com grande importância pelo governo brasileiro

Correio do Povo e R7

publicidade

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva desembarcou em Xangai, na China, na manhã desta quarta-feira (no horário de Brasília). A visita ao país asiático é de grande importância para o governo brasileiro, pois há expectativa de um estreitamento nas relações diplomáticas e econômicas com a nação governada por Xi Jinping. O chefe de Estado foi recebido em comitiva com a presença da ex-presidente Dilma Rousseff. 

Como primeiro compromisso oficial, o mandatário tem a posse de Dilma à frente do Brics, marcada para quinta-feira. Lula se encontra na sexta-feira com o presidente chinês Xi Jinping e espera selar cerca de 20 acordos bilaterais. 

A China é o principal parceiro comercial do Brasil. Somente em 2022, a balança comercial brasileira com o país foi positiva em R$ 150,7 bilhões (US$ 28,7 bilhões), resultado da exportação de R$ 469,3 bilhões (US$ 89,4 bilhões) e da importação de R$ 318,7 bilhões (US$ 60,7 bilhões). Entre os produtos mais negociados com os chineses, destacam-se a soja em grão, o minério de ferro, os óleos brutos e a carne bovina fresca, refrigerada ou congelada, segundo dados do MDIC (Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços).

A primeira conquista da viagem ocorreu antes mesmo da chegada de Lula no país asiático, com o fim do embargo imposto contra a importação da carne bovina brasileira. A liberação foi anunciada pelo ministro da Agricultura, Carlos Fávaro, que já está no país asiático, destino de 60% das exportações brasileiras de carne bovina no ano passado.


Mais Lidas

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895