Lula revela que teve Covid-19, mas que está recuperado

Lula revela que teve Covid-19, mas que está recuperado

Ex-presidente disse que agora aguarda a sua hora na fila para ser vacinado

Correio do Povo

Lula esteve em Cuba para participar do novo filme de Oliver Stone

publicidade

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva revelou, nesta quinta-feira, que teve Covid-19, mas que já está recuperado. Em nota oficial no seu site, Lula contou que recebeu o diagnóstico positivo quando estava em Cuba, enquanto participava das filmagens de um documentário sobre a América Latina, produzido e dirigido por Oliver Stone.

Seguindo as recomendações da OMS para viagens internacionais, o ex-presidente, sua esposa Janja, e os sete integrantes de sua comitiva foram submetidos aos testes da Covid-19 antes de viajar no Brasil e na data da chegada a Cuba, em 21 de dezembro. Ao repetir o teste RT-PCR, no dia 26, o diagnóstico deu positivo para o ex-presidente e outros membros da sua equipe, exceto a jornalista Nicole Briones, confirmando serem casos importados através da investigação epidemiológica. Todos permaneceram em isolamento sob vigilância sanitária. 

Lula retornou nesta quarta-feira de Cuba e decidiu contar sobre o diagnóstico quando desembarcasse no Brasil para preservar sua família e dos demais infectados. Nem ele e nem os demais membros da comitiva precisaram de internação hospitalar, com exceção do escritor Fernando Morais, que permaneceu sob cuidados hospitalares pelo período de 14 dias, por complicações pulmonares. 

Em nota, Lula agradeceu a dedicação dos profissionais de saúde e do sistema de saúde pública cubano: "Agradeço ao governo de Cuba e a todos que estiveram conosco, de coração. Jamais esqueceremos a solidariedade cubana e o compromisso com a ciência de seus profissionais. Sentimos na pele a importância de um sistema público de saúde que adota um protocolo unificado, inspirado na ciência e nas diretrizes da OMS." 

"E quero estender as minhas saudações a todos os profissionais de saúde que se esforçam para fazer o mesmo aqui no Brasil, apesar da irresponsabilidade do presidente da República e do ministro da Saúde", completou. 

Lula afirmou que aguarda a sua hora na fila da vacinação contra a Covid-19 no Brasil. “Estou preparado para tomar a vacina, assim que tivermos vacina para todos. Sigo esperando minha vez na fila, com o braço à disposição para tomar assim que puder. E enquanto todos não se vacinam, vou continuar com máscara, evitando aglomerações e passando muito álcool gel."


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895