Morre o ex-ministro da Justiça Fernando Lyra

Morre o ex-ministro da Justiça Fernando Lyra

Ex-parlamentar sofreu falência múltipla de órgãos após complicações cardíacas e renais

Por
Correio do Povo

Morre o ex-ministro da Justiça Fernando Lyra


publicidade

O Instituto do Coração (Incor) do Hospital de Clínicas de São Paulo informou, na tarde desta quinta-feira, a morte do ex-ministro da Justiça Fernando Lyra, de 74 anos. De acordo com boletim divulgado no fim da tarde, ele sofreu falência múltipla de órgãos após complicações cardíacas e urinária, tendo a morte declarada às 16h50min.

Lyra estava internado no Incor desde 5 de janeiro deste ano, para tratamento de descompensação de insuficiência cardíaca congestiva grave (que o acometia há aproximadamente 20 anos). Ele também estava sofrendo de um quadro de infecção sistêmica e insuficiência renal aguda.

Advogado por formação, Fernando Lyra participou ativamente das ações pela redemocratização do Brasil, fazendo parte do grupo nomeado "Autênticos do MDB". Estes eram políticos que desafiavam a ditadura militar no Congresso. Adotou postura mais moderada ao se aliar a Tancredo Neves na época das Diretas Já e apoiou o político para assumir a presidência.

Seguiu fazendo parte do governo apesar da morte de Tancredo. Alçado presidente, José Sarney escolheu Lyra para liderar o Ministério da Justiça, em 1986. Concorreu como vice-presidente de Leonel Brizola na chapa liderada pelo PDT, em 1989, mas não chegaram ao segundo turno, frente a Fernando Collor e Luiz Inácio Lula da Silva. Seu último mandato como deputado federal terminou em 1998.


Bookmark and Share