Partidos do Centrão receberão R$ 675 milhões do Fundo Eleitoral

Partidos do Centrão receberão R$ 675 milhões do Fundo Eleitoral

Dinheiro será para custear as campanhas de candidatos a prefeitos e vereadores neste ano

R7

Dinheiro do Fundo Eleitoral é distribuído pelo Tribunal Superior Eleitoral

publicidade

O Centrão, grupo informal composto por pelo menos oito partidos, receberá R$ 675.280.326,44 milhões do Fundo Eleitoral para custear as campanhas de candidatos a prefeitos e vereadores este ano.

Formado informalmente por PL, PP, PSD, Republicanos, PTB, Pros, Avante e Solidariedade, o Centrão concentra cerca de 202 deputados federais e 25 senadores. O DEM e MDB resistem em ser denominados ao bloco.

De acordo com a divisão anunciada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o PT terá à sua disposição R$ 200,9, milhões, enquanto o PSL ficará com R$ 193,7 milhões. O Novo, responsável por R$ 36,6 milhões, decidiu renunciar às verbas. Dessa forma, os recursos deverão voltar ao Tesouro no momento da apresentação da prestação de contas.

Centrão:

PL: R$ 123.291.771,52 / 43 deputados federais / 2 senadores
PP: R$ 140.245.548,54 / 41 deputados federais / 6 senadores
Republicanos: R$ 104.420.877,14 / 34 deputados federais / 2 senadores
PSD: R$ 157.180.452,52 / 38 deputados federais / 12 senadores
Solidariedade: R$ 42.226.143,46 / 15 deputados federais / 0 senadores
PTB: R$ 35.104.450,75 / 12 deputados federais  / 0 senadores
Pros: R$ 44.662.782,92 / 11 deputados federais / 3 senadores
Avante: R$ 28.147.299,59 / 8 deputados federais / 0 senadores


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895