Presa dupla suspeita de centenas de golpes com dinheiro falso em Canoas

Presa dupla suspeita de centenas de golpes com dinheiro falso em Canoas

Conforme as investigações, crimes eram praticados na região Metropolitana de Porto Alegre, no litoral Norte e em Santa Catarina

Rádio Guaíba

De acordo com as investigações, coordenadas pelo delegado Gabriel Borges, os envolvidos agiam de duas formas

publicidade

Após uma investigação de 30 dias, a Polícia Civil prendeu, nesta sexta-feira, dois integrantes de uma rede de estelionatários em Canoas, na região Metropolitana. As prisões ocorreram durante o cumprimento de ordens judiciais no bairro Nossa Senhora das Graças.

Conforme a instituição, a dupla, junto de um menor infrator apreendido na operação, é suspeita de fazer parte de um grupo que praticou centenas de golpes na região metropolitana de Porto Alegre, no litoral Norte gaúcho, e em Santa Catarina.

De acordo com as investigações, coordenadas pelo delegado Gabriel Borges, os envolvidos agiam de duas formas. Em uma delas, a compra de eletrônicos e eletrodomésticos através de sites de venda na internet era feita com dinheiro falso repassado aos vendedores. Nomes e identidades falsas eram usados nessas negociações. Depois que adquiriam os produtos, os criminosos os revendiam.

Já na segunda forma de atuação, as vítimas eram estabelecimentos comerciais, em maioria no litoral. Nessa situação, a dupla fazia compras e abastecia os veículos nesses locais, trocando parte do dinheiro falso por notas de verdade. Ainda de acordo com Borges, o crime era possível porque o nível de falsificação das cédulas era sofisticado.

Além das prisões e da apreensão do menor, os policiais confiscaram telefones celulares, aparelhos televisores sem procedência, além de uma réplica de arma de fogo. A polícia também tomou posse de um automóvel utilizado na entrega das notas falsificadas, bem como a quantia de quase R$ 9 mil em cédulas falsas de R$ 100.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895