Presidente chinês parabeniza Joe Biden por vitória eleitoral

Presidente chinês parabeniza Joe Biden por vitória eleitoral

Xi Jinping destacou que as duas potências mundiais devem se comportar para evitar conflitos ou confrontos

AFP

Xi Jinping destacou que potências mundiais devem evitar o confronto e o conflito

publicidade

O presidente chinês, Xi Jinping, parabenizou nesta quarta-feira Joe Biden por sua vitória nas eleições americanas, informou a imprensa estatal. Estados Unidos e China "devem comprometer-se a não buscar conflitos nem confrontos, ao respeito mútuo e a um espírito de cooperação" para promover a "nobre causa" da paz mundial e do desenvolvimento, afirmou Xi. A mensagem de Xi foi divulgada duas semanas depois das felicitações de outras potências.

As relações entre Estados Unidos e China estão em um momento historicamente ruim por conta da enérgica agenda diplomática e comercial do presidente Donald Trump, que impôs tarifas, sanções a empresas do país asiático e manteve uma tensa disputa estratégica e militar na região.

Após o início da crise do coronavírus na cidade chinesa de Wuhan, Trump acusou Pequim de falta de transparência e de ter recebido respaldo não merecido da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Na mensagem a Biden, Xi afirma que o "desenvolvimento saudável e estável das relações entre Estados Unidos e China é consistente com os interesses fundamentais dos dois povos".

O vice-presidente chinês, Wang Qishan, também enviou uma mensagem de felicitações a Kamala Harris, a vice-presidente eleita dos Estados Unidos.

A reação inicial chinesa às eleições presidenciais americanas foi de cautela. Pequim se limitou a afirmar em 13 de novembro que os resultados deveriam ser confirmados "de acordo com a lei dos Estados Unidos".


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895