PSL deixa base do governo de Eduardo Leite
capa

PSL deixa base do governo de Eduardo Leite

Presidente estadual do partido destacou que sigla não concorda com propostas de alteração legislativa encaminhadas pelo Executivo

Por
Correio do Povo

Deputado Federal Nereu Crispim assinou carta e encaminhou ao governados

publicidade

O PSL anunciou nesta sexta-feira sua saída da base de apoio ao governo do Rio Grando do Sul. Em nota, o partido disse que "em coerência aos compromissos assumidos na campanha eleitora - Projeto Muda Brasil Muda de Verdade -, especialmente nas áreas de educação, saúde e segurança pública, decidiu retirar-se formalmente da base de apoio ao Governo, por não concordar com as recentes propostas de alteração legislativa encaminhadas pelo Poder Executivo Estadual, e que essa decisão já foi oficializada ao Governo Federal".

O texto é assinado pelo presidente da sigla no Estado, deputado federal Nereu Crispim. No documento, ainda diz que o PSL tem como "princípios respeitar a Constituição Federal, a valorização das instituições democráticas, Executivo, Legislativo e Judiciário, e combater veementemente a demonização da política". Nos bastidores, deputados do partido informam que posição foi encabeçada pelo próprio líder.