PT vai ao STF para pedir atuação do governo federal na crise de Manaus

PT vai ao STF para pedir atuação do governo federal na crise de Manaus

Partido pede que o Ministério da Saúde garanta em 24 horas, impreterivelmente, o abastecimento de oxigênio e de outros insumos

AE

Explosão de casos de Covid-19 levou sistema de Manaus ao colapso

publicidade

O Partido dos Trabalhadores (PT) entrou com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para pedir uma atuação de urgência por parte do governo federal para tentar minimizar a crise de saúde no Estado do Amazonas. O pedido, uma tutela de urgência, lista as ações que o governo deve fazer para ajudar na contenção da pandemia. "O colapso de saúde em Manaus estava pré-anunciado, mas mais uma vez temos de recorrer ao Judiciário para obrigar o governo Bolsonaro a fazer aquilo que não faz ou por omissão por desprezo à vida" disse ao Estadão/Broadcast o ex-ministro da Saúde e deputado Alexandre Padilha (PT-SP).

No documento, o PT pede que o Ministério da Saúde garanta em 24 horas, impreterivelmente, o abastecimento de oxigênio e de outros insumos necessários ao atendimento dos internados nos hospitais de Manaus.

Veja Também

A explosão de casos de Covid-19 na capital do Amazonas levou o sistema de saúde da cidade ao colapso. O estoque de oxigênio se esgotou em diversos hospitais e pacientes morreram por asfixia, segundo relato de médicos.

O PT pede ainda a instalação de hospitais de campanha e a instituição do regime de lockdown na cidade de Manaus, com exceção dos serviços essenciais, pelo prazo necessário à normalização da demanda pelos serviços e insumos médicos.

O uso da Força Nacional em Manaus também é citado no requerimento ao Supremo, para garantir e auxiliar na segurança pública na decretação de lockdown, além da convocação de médicos dos Programas Mais Médicos e Mais Médicos para o Brasil para o Estado do Amazonas, inclusive médicos brasileiros formados no exterior.

 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895