Queiroz justifica "movimentações atípicas" por compra e venda de carros

Queiroz justifica "movimentações atípicas" por compra e venda de carros

Ex-assessor de Flávio Bolsonaro deu primeiras declarações públicas sobre caso

Correio do Povo

Ex-assessor de Flávio Bolsonaro deu primeiras declarações públicas sobre caso

publicidade

O ex-assessor do senador eleito Flávio Bolsonaro, Fabrício Queiroz, justificou as "movimentações atípicas" nas suas contas – num total de R$ 1,2 milhão – à compra e venda de carros. “Eu sou um cara de negócios, eu faço dinheiro. Compro, revendo, compro, revendo, compro carro, revendo carro, sempre fui assim”, afirmou em entrevista ao jornal SBT Brasil, nesta quarta-feira.

Foram as primeiras declarações públicas do ex-assessor do senador eleito sobre o caso evidenciado pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). Ele não quis detalhar a origem do dinheiro que foi movimentado, entretanto.

Queiroz justificou questões de saúde ao faltar a dois depoimentos marcados pelo Ministério Público do Rio de Janeiro.

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895