"Setores do governo testam os limites democráticos" diz presidente da OAB

"Setores do governo testam os limites democráticos" diz presidente da OAB

Felipe Santa Cruz pediu reação imediata do governo federal

AE

Santa Cruz acredita que alguns setores do governo testam os limites democráticos da nação

publicidade

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, afirmou nesta sexta-feira, 17, que os "setores do governo testam há meses os limites democráticos", "flertam com as ditaduras de hoje e do passado", e que o secretário de Cultura, Roberto Alvim "ultrapassou todos os limites ao optar pela clara e aberta apologia ideológica do regime nazista". 

Em vídeo no que anuncia o Prêmio Nacional das Artes, Alvim, citou textualmente trechos de um discurso do ideólogo nazista Joseph Goebbels. A posição foi defendida em nota após a repercussão gerada pela gravação divulgada por Alvim. 

O presidente da entidade dos advogados indicou ainda que o secretário deveria ser afastado, "sob pena de o governo brasileiro se enquadrar internacionalmente como inimigo da democracia e da civilização". "Os milhões de cadáveres das vítimas do autoritarismo nos cobram imediata e firme reação", apontou. 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895