TSE homologa mudança de nome do PPS para Cidadania
capa

TSE homologa mudança de nome do PPS para Cidadania

Denominação já vinha sendo utilizada nas casas parlamentares do país

Por
Mauren Xavier

Na Assembleia Legislativa, o Cidadania tem como representante a deputada Any Ortiz

publicidade

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou nesta quinta-feira, por unanimidade, a homologação do Cidadania 23, oficializando assim o registro do partido, sucessor do PPS. O presidente do Cidadania, Roberto Freire, saudou a decisão. "O importante é que o Cidadania já está oficializado de fato. Agora veio a oficialização de direito, até porque todas as Casas parlamentares, e especialmente a imprensa, já tratavam a mudança como ocorrido. O partido há muito tempo já é Cidadania e agora temos a ratificação pelo registro no TSE”, disse Freire.

O advogado do partido, Renato Galuppo, destacou que com a decisão a legenda se torna, para todos os efeitos legais, Cidadania, inclusive na questão eleitoral. “A decisão é apenas de homologação da mudança de nome. Embora já registrado em cartório e nas Casas legislativas, o partido continuava com o nome antigo na Justiça Eleitoral. Agora passa a ser Cidadania para todos os efeitos, inclusive eleitorais”, explicou.

A mudança de nome para Cidadania ocorreu durante o Congresso Extraordinário, no dia 23 de março deste ano, em Brasília. Na Assembleia Legislativa, o Cidadania tem como representante a deputada Any Ortiz.