Apesar da pandemia, governo mantém momentaneamente calendário da Expointer
capa

Apesar da pandemia, governo mantém momentaneamente calendário da Expointer

Feira é prevista para o período entre 29 de agosto e 6 de setembro

Por
Lucas Rivas / Rádio Guaíba

Expointer segue marcada para o final de agosto

publicidade

Em função da escalada da pandemia de coronavírus, a Secretaria da Agricultura acompanha a evolução da doença para definir o calendário da 43ª Expointer, marcada para o período entre 29 de agosto e 6 de setembro, no Parque Assis Brasil, em Esteio. O tema já é pautado entre as lideranças do setor agrícola.

Assim como o governo estadual, a Farsul e demais entidades vão continuar monitorando o risco sanitário. Conforme o secretário da Agricultura, Covatti Filho, a organização da feira se ampara, neste momento, em dados técnicos que prevêem o pico da doença ente o fim de abril e início de maio.

“Hoje, neste momento, as datas da nossa Expointer estão confirmadas. Mas marcamos uma nova reunião para a primeira quinzena de maio para acompanhar todo p cenário do coronavírus e fazer uma reavaliação”, ressaltou.

Além disso, o secretário adianta que os processos de licitação para prestação de serviços de bilheteria, estacionamento e sistema elétrico no parque já começaram. No mesmo Parque Assis Brasil, a Expoleite Fenasul 2020, prevista para ocorrer entre os dias 13 e 17 de maio, teve de ser suspensa em virtude da pandemia.

Ainda sobre a Expointer, o Sindicato Rural de Porto Alegre emitiu comunicado defendendo a suspensão da feira, e 2020, em função do coronavírus. Para Covatti Filho, ainda há tempo para decidir. “Eles foram um pouco antecipados. Anteciparam este debate”, considerou.

Em 2019, 416 mil pessoas circularam pela Expointer. Na edição passada, o governo estadual comemorou aumento de 17% nas comercializações, que chegaram a quase R$ 2,7 bilhões.