Gap Genética vende égua tríplice coroada por mais de R$ 300 mil

Gap Genética vende égua tríplice coroada por mais de R$ 300 mil

Pampeana do Retiro do Ouro foi comprada por preço recorde para uma fêmea na temporada

Taís Teixeira

Pampeana do Retiro do Ouro vendida no leilão da Gap Genética por R$ 310 mil,

publicidade

O leilão da Gap Genética, de Uruguaiana, ocorreu na segunda-feira (9) em formato virtual e fechou com média geral de R$ 39,77 mil na venda dos  33 lotes formados por  potrancas, éguas com crias e garanhões. Na ocasião, também houve a oferta de uma tropilha de sete machos castrados de pelagem picaça, que  atingiram  a média de R$ 11,1 mil. A diretora da Gap Genética, Márcia Linhares, afirma que esse remate teve uma comercialização maior do que a alcançada nos  últimos anos. “ As  17 fêmeas com crias ofertadas alavancaram os números”, atribui.

O destaque do remate foi a venda por R$ 310 mil da égua Pampeana do Retiro do Ouro, único animal vivo  entre os dois exemplares que conquistaram a Tríplice Coroa do cavalo Crioulo, título concedido ao animal melhor colocado nas três provas mais importantes  de seleção da raça,  que são Freio de Ouro, Morfologia da Expointer  e Marcha de Resistência. O preço é recorde para uma égua na temporada e também para uma fêmea com a  idade da Pampeana, que completou 21 anos no dia 1º de novembro.

Márcia Linhares, disse que a genética da campeã vai continuar no plantel. “Ficamos com três filhas, um embrião por nascer e um macho filho dela, hoje nosso garanhão chefe, que se  chama Fantástico de São Pedro”, explica. 


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895