Nuvem de gafanhotos avança a Oeste da Argentina
capa

Nuvem de gafanhotos avança a Oeste da Argentina

Grupo de insetos migrou para o Oeste da província de Corrientes no início da tarde desta quinta-feira

Por
Fred Marcovicci

Grupo de insetos migrou para o Oeste da província de Corrientes no início da tarde desta quinta-feira


publicidade

A nuvem de gafanhotos segue avançando, no início da tarde desta quinta-feira, pela Argentina. Segundo o intendente da cidade de monte Caseros, vizinha a Barra do Quaraí, Miguel Olivieri, o grupo de insetos deslocou-se para uma área mais a Oeste da província de Corrientes, ultrapando as margens do rio Paraná.

Conforme Miguel Olivieri, a nuvem de gafanhoto está a 273,5 quilômetros de distância da fronteira entre Argentina e Brasil – quando já esteve a 130 quilômetros entre os países. As autoridades da Argentina e Brasil seguem monitorando a evolução da nuvem.


O Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento, de forma preventiva, decretou estado de emergência fitossanitária nos estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina.