Safristas receberão orientações preventivas à Covid-19

Safristas receberão orientações preventivas à Covid-19

De dezembro até o final da safra, em março de 2021, devem chegar ao município cerca de quatro mil trabalhadores

Celso Sgorla

Encontro debateu orientações para controle da Covid-19 durante a colheita da uva

publicidade

Anualmente, a Serra Gaúcha recebe milhares de pessoas para trabalhar na colheita da uva durante a safra. Pensando nisso, a Prefeitura de Garibaldi, através da Secretaria Municipal da Saúde, reuniu representantes do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Emater, Conselho Municipal da Agricultura e representantes das comunidades rurais, para passar orientações acerca da Covid-19.

 “A partir de dezembro até o final da safra, em março de 2021, o município deve receber cerca de quatro mil safristas, vindos de diversos locais do Estado, para auxiliar os agricultores no processo de colheita. Por isso, achamos importante reforçar a importância dos cuidados preventivos à disseminação do coronavírus, uma vez que os proprietários recebem as pessoas em suas residências, compartilhando objetos, espaços e fazendo refeições no mesmo ambiente”, explica a secretária municipal da Saúde, Diane Pascoaletto.

Foram repassadas diversas orientações sobre os cuidados para evitar a propagação do vírus, no manejo e higiene das residências. Segundo Diane, uma cartilha será elaborada com os cuidados necessários, sintomas do Covid-19 e como agir caso alguém apresente sintomas.

“Contaremos com os representantes de cada comunidade, Emater e o sindicato para a divulgação dessa cartilha a fim de atingirmos todos os nossos agricultores, que segundo dados da Secretaria Municipal da Agricultura, são cerca de mil famílias produtoras de uva em nosso município, para colaborar no combate à pandemia que mudou nossas rotinas e nos impõe novos desafios”, disse a secretária.


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895