Eleição histórica no Cremers inicia em clima de tranquilidade

Eleição histórica no Cremers inicia em clima de tranquilidade

Pela primeira vez, 34 mil médicos poderão escolher novos conselheiros por meios online

Felipe Faleiro

Cremers disponibilizou urnas de apoio aos profissionais em sua sede, em Porto Alegre

publicidade

Começou nesta segunda-feira e vai até amanhã, sempre das 8h às 20h, o pleito que irá escolher os novos 42 conselheiros do Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio Grande do Sul (Cremers), em um mandato de cinco anos. Três chapas estão inscritas para a votação híbrida. Nela é possível, pela primeira vez, votar por meio da Internet, além de seis computadores na tela de votação estarem disponibilizadas na sede da entidade, no bairro Santana, em Porto Alegre, em caso de dificuldades no pleito online, e outros equipamentos serem instalados em seis delegacias do conselho no interior. 

A tecnologia permite também a votação por dispositivos móveis. Hoje pela manhã, o movimento no local era tranquilo, com a presença de fiscais das candidaturas. O pleito é realizado em todos os conselhos nacionais de forma simultânea, sendo obrigatória para 545.194 médicos em todo o Brasil, e coordenada pelo Conselho Federal de Medicina (CFM). No Rio Grande do Sul, quarto maior colégio eleitoral do país, os aptos a votarem somam 34.221 profissionais. 

A participação somente é facultativa aos médicos com idade acima de 70 anos. “Acreditamos ser fundamental a participação dos médicos, e acredito que este sistema de votação vai oportunizar para que muitos mais participem desta decisão”, observou o presidente da comissão regional eleitoral da votação no RS, o cirurgião cardiovascular Rubens Lorenz de Araújo. Após a proclamação do resultado, a presidência e novas diretorias, cargos com mandatos de 20 meses, serão escolhidas a partir dos representantes da chapa vencedora. 

Ainda segundo ele, após o fechamento das urnas, com a informatização da eleição, os resultados poderão ser divulgados em até uma hora, ou seja, por volta das 21h desta terça. Araújo avalia que a votação está sendo mais rápida do que o antigo sistema impresso, com tempo de votação de cerca de 30 segundos por eleitor. “Na abertura do pleito, foi muito comentado que este sistema amplia a democracia e o acesso, facilitando bastante o processo”, comentou o presidente da comissão eleitoral.

“Com certeza, pelo que temos acompanhado de grupos de conversas, há a opinião geral de que houve um avanço muito grande nesta questão, já que antes era mais complicado”. Um médico registrado em mais de um conselho regional pode também votar em todos os estados em que tem registro, sendo obrigatório em ao menos um local. Em caso de dúvidas relacionadas ao pleito, o CFM disponibilizou o telefone gratuito 0800 300 7000, e o site para votar no Rio Grande do Sul é www.eleicoescrms.org.br/RS.


Mais Lidas

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895