SMS garante manutenção do atendimento no Pronto Atendimento Bom Jesus
capa

SMS garante manutenção do atendimento no Pronto Atendimento Bom Jesus

Pasta garantiu continuidade do serviço após manifestação do Simpa, informando que local fecharia

Por
Correio do Povo

publicidade

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) afirmou que o Pronto Atendimento (PA) Bom Jesus seguirá atendendo normalmente. O posicionamento da pasta deve-se a uma manifestação do Sindicato dos Municipários de Porto Alegre (Simpa). A entidade informou, por meio de nota publicada no próprio site, que havia informação de que o PA Bom Jesus estava correndo o risco de fechar esta noite “por falta de médicos devido ao término de contrato da empresa Atena, responsável pela contratação desses profissionais para a unidade. Há apenas um médico servidor público no local, o que torna inviável o atendimento emergencial”.

“A empresa vencedora está ajustando as escalas de trabalho juntamente com a coordenação de urgências para que não haja restrição de atendimento nesse período de transição. O órgão municipal conta com oito médicos estatutários, que poderiam assumir a escala de transição mas, ao serem chamados, se recusaram a auxiliar”, informou a SMS, por meio de nota. Conforme a pasta, dois médicos atuam na escala da noite/madrugada entre quarta e quinta-feira. A partir desta quinta, o atendimento será normalizado com quatro médicos durante o dia, dois deles da empresa.

O Simpa havia afirmado que a empresa que ganhou a nova concorrência, “segundo relatos de servidores, não tem ainda condições de assumir o serviço. Ou seja, a partir da meia-noite, os usuários do PABJ podem ficar sem atendimento”. A SMS ressaltou ainda, que serviços do mesmo porte e finalidade Pronto Atendimento Cruzeiro do Sul e Pronto Atendimento Lomba do Pinheiro – que mantém contratualização com o Hospital São Lucas da PUC – não sofrem nenhum transtorno