A situação no RS após as intensas chuvas da última semana

A situação no RS após as intensas chuvas da última semana

Precipitação trouxe cheias histórias para o Estado

Correio do Povo

O nível do Guaíba chegou a marca de 2 metros e 61 centímetros e superou o recorde de 2 metros e 60 da grande enchente de 1984, segundo a Metsul.

publicidade

Nas últimas duas semanas, a chuva tornou-se recorrente em todo o Rio Grande do Sul. Com intervalos irregulares em um mesmo dia, o volume de água superou o esperado para o período e acendeu alertas para inundações em vários pontos do Estado. O nível da água do Guaíba, por exemplo, registrou marca recorde no desde 1984 com o volume de 2,6 metros no sábado.

A elevação dos rios, como foi o caso também o rio de São Sebastião do Caí, provocou o desalojamento de centenas de ribeirinhos - que estão acolhidos na casa de familiares ou abrigos municipais. O cenário nesta segunda-feira de sol é de cálculos de prejuízos e muita atenção para os níveis dos rios que ainda apresentam riscos. Para a região do Arquipélago, em Porto Alegre, o alerta de inundações foi prolongado para até quarta-feira.

O Direto ao Ponto desta segunda-feira conversou com os correspondentes do Correio do Povo Stephany Sander e Celso Sgorla sobre os impactos das chuvas, sobretudo das inundações e cheias, no Rio Grande do Sul. A apresentação é de Éric Raupp.

Ouça:

 

Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895