Europa vive o retorno do temor com 2ª onda de coronavírus

Europa vive o retorno do temor com 2ª onda de coronavírus

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a situação pode ainda piorar com a chegada do inverno

Correio do Povo

Paris e outras grandes cidades francesas têm toque de recolher

publicidade

Escolas novamente fechadas, bares e pubs suspensos, quarentena controlada, toque de recolher e decretos de calamidade pública impostos. O cenário de restrições severas à vida social e atividade econômica volta a acontecer nos países europeus frente à segunda onda da pandemia de coronavírus. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a situação pode ainda piorar com a chegada do inverno. 

Até o último domingo, os países europeus já haviam registrado mais de 250 mil mortes pelo novo coronavírus, equivalente a um quinto de todas as mortes do mundo por Covid-19. Em relação aos infectados, o volume chega a 7,3 milhões de casos confirmados, sendo mais de 700 mil casos e 8 mil mortes apenas notificados na última semana, conforme a OMS. O aumento é de 34% em relação a semana anterior. 

Para entender um pouco mais sobre o cenário e os reflexos na rotidade da população, nós conversamos com a Fernanda Noschang, gaúcha e residente da cidade do Porto, em Portugual.

Ouça:

 

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895