Invasão hacker no Twitter acende debate sobre segurança e identidade nas redes sociais

Invasão hacker no Twitter acende debate sobre segurança e identidade nas redes sociais

Correio do Povo

Contas de personalidades foram invadidas

publicidade

Em um ataque coordenado e ambicioso na última quarta-feira, cerca de 130 contas de alto perfil foram hackeadas no Twitter. Nomes como Elon Musk, Barack Obama, Joe Biden, Michael Bloomberg, Kanye West, Jeff Bezos e Bill Gates postaram tweets semelhantes que prometiam aos seguidores que pagamentos em Bitcoin enviados para um endereço específico seriam duplicados. Estima-se que os criminosos receberam 375 pagamentos no valor de 120 mil dólares como resultado do ataque.

O Twitter suspendeu todas as contas verificadas, enquanto lutava para superar a violação. As empresas de inteligência de blockchain disseram que algumas das criptografia foram movidas e enviadas através de serviços de mixagem, e o FBI lançou uma investigação. A poucos meses das eleições nos Estados Unidos, o caso reacende o debate sobre a segurança e a identidade nas redes. Imagine, por exemplo, se o perfil de Joe Biden ou Donald Trump anuncia no dia da votação que não vai mais concorrer?

Para discutir esse assunto, o Direto Ao Ponto recebeu o Jéferson Campos Nobre, professor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e associado da Sociedade Brasileira de Computação (SBC). A apresentação é de Eric Raupp, com participação de Brenda Fernández.

Ouça:

 

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895