Fepam inicia monitoramento da qualidade das águas do litoral gaúcho
capa

Fepam inicia monitoramento da qualidade das águas do litoral gaúcho

Dados somente estarão acessíveis nas Internet a partir do dia 20 de dezembro

Por
Correio do Povo

Fepam iniciará monitoramento do Litoral Gaúcho no dia 20

publicidade

O monitoramento da qualidade das águas dos balneários e praias gaúchas pela Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) começa neste domingo. O Projeto Balneabilidade, será realizado pelo Departamento de Qualidade Ambiental da fundação em pontos de 43 municípios do Litoral Norte, Médio e Sul e das regiões hidrográficas do Guaíba e do Uruguai. Mas os resultados só começarão a ser disponibilizados todas as sextas-feiras, no período de 20 de dezembro de 2019 a 28 de fevereiro de 2020, através da página da Fepam na web e também nas redes sociais do órgão. Na internet, os banhistas que acessarem o serviço precisam ficar atentos ao ícone de uma mão fazendo sinal de positivo, caso o balneário esteja próprio para banho, ou de negativo, caso esteja com alguma contaminação.

Para analisar as condições bacteriológicas nas praias e balneários, a Fepam utiliza o parâmetro da bactéria Escherichia coli. Sua presença sugere a possibilidade de ter no ponto onde houve a coleta da água, micro-organismos intestinais capazes de provocar doenças.

Nos balneários de Pelotas, de Tapes e na Lagoa do Peixoto, em Osório, é realizada também a contagem de cianobactérias, organismos potencialmente produtores de toxinas que podem levar a intoxicações agudas ou crônicas.

Nos balneários de água salgada do Litoral Norte, as coletas e análises são feitas pela Fepam (31 pontos), nos balneários da Praia do Laranjal pelo Serviço Autônomo de Saneamento de Pelotas (Sanep) e pela Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) nos demais balneários do Estado.

O serviço pode ser acessado também pelo site balneabilidade.rs.gov.br, onde são disponibilizadas ainda informações sobre previsão do tempo e condições de segurança para banho, como a situação do mar, se está calmo ou muito perigoso. 

A Fepam faz o Projeto Balneabilidade desde o verão de 1979/1980, divulgando aos veranistas informações sobre as condições da qualidade das águas utilizadas para banho nas praias gaúchas.