capa

Mar escuro e vento forte frustram veranistas no Litoral Norte

Cenas de águas límpidas do começo do fim de semana não se repetiram no domingo

Por
Chico Izidro

Cenas de águas límpidas do começo do fim de semana não se repetiram no domingo

publicidade

O começo do final de semana foi de muito sol e águas límpidas e azuis no Litoral Norte do Estado. Pelo menos na parte das manhãs de sexta-feira e sábado, pois nas tardes o tempo sofreu mudanças, com fortes chuvas. Muitos veranistas se sentiram motivados ao ver as imagens raras de nossas praias e neste domingo se deslocaram para Tramandaí, com o objetivo de poder testemunhar uma repetição do mar limpo, propício para o banho. O dia acabou sendo decepcionante – as águas estavam escurecidas, o céu nublado e o vento forte, com temperatura amena, de 22°C.

Ainda assim, muitas pessoas se aventuraram a entrar no mar. Luciano Borba, morador de Gravataí, chegou no início da manhã de domingo em Tramandaí, e não teve dúvidas. Foi se banhar. “Não tem sol, mas pelo menos também não está chovendo. Tomei um banho e vou de novo daqui a pouco. A água está marrom, mas pelo menos quente”, analisou. “Não vou ficar apenas um dia na praia e não me molhar”, disse ele, que voltaria para casa no final do domingo.

O mesmo iria fazer Tomi Ferreira Fachel, residente em Porto Alegre, e que pegou a família e se deslocou para o litoral. “A propaganda que vimos era fantástica. A água bem azul, o sol forte. Porém demos azar”, lamentou. Fachel precisou de coragem para enfrentar as águas. “Ela não está com bom aspecto, mas vou me arriscar”, garantiu, enquanto bebia uma cerveja sem álcool, e beliscava alguns salgadinhos. “Sou o motorista da família, então por isso cerveja sem álcool. É o que dá para fazer”, contou. A família retornaria no começo da noite de domingo para a Capital. “Queria ver o jogo do Grêmio, mas não dará tempo. O jeito será escutar pelo rádio”, planejou.

O bate e volta também foi feito por Nair Machado da Luz e sua família, que chegou no sábado à noite em Tramandaí, e voltaria para Gravataí, na Grande Porto Alegre. “Fiquei motivada com as imagens de sábado pela manhã, daquela água bem clarinha. Aí nos mandamos para cá e já chegamos com chuva”, relembrou. “Agora não está chovendo, mas está frio e ventando e o mar está com muito barro. Mesmo assim, está quentinho e já tomei um banho. Afinal, já que estou na chuva, tenho de me molhar”, brincou.

Enquanto isso, o casal Cláudio Silva e Freitas e Ângela Costa, de Porto Alegre e que está em Tramandaí desde meados de janeiro, decidiu não ficar em casa e encarar a beira da praia no domingo. Porém, nada de entrar na água. “Nós jogamos uma peteca e depois fizemos uma caminhada. A ideia para o resto do dia é preparar um chimarrão, sentar e ficar olhando o mar”, garantiu Cláudio. “Ficamos imaginando quando será novamente que haverá manhãs como as de sexta e de sábado aqui. As melhores em muitos anos”, finalizou Ângela.