Terceira edição da Caiacada - Carnaval das Águas reúne 130 remadores no Litoral gaúcho
capa

Terceira edição da Caiacada - Carnaval das Águas reúne 130 remadores no Litoral gaúcho

Atletas fizeram travessia ecológica entre as lagoas Cidreira e Fortaleza

Por
Chico Izidro

Caiacada - Carnaval das Águas reuniu remadores que utilizaram caiaques, stand up paddle e canoas

publicidade

Nesse final de semana foi realizada a 3ª Caiacada - “Carnaval das Águas”, que reuniu aproximadamente 130 remadores, que utilizaram caiaques, stand up paddle e canoas. Eles fizeram a travessia ecológica entre as lagoas Cidreira e Fortaleza, com paradas para a observação dos diferentes usos da água: turismo, biodiversidade, abastecimento público e produção rural. O evento foi organizado pela ONG Associação Ação Nascente Maquiné (ANAMA), com patrocínio da Petrobras, por meio do Programa Petrobras Socioambiental e Governo Federal.

“A atividade fez parte da Terceira Remada Ecológica, e uniu forças em prol da preservação das lagoas junto a Lagoa Country Club, em Cidreira”, disse Tiago Lucas Corrêa, assessor técnico do projeto e turismólogo. O passeio, que teve a duração de duas horas, saiu do canal da Lagoa Cidreira no Lagoa Country Club. Deste canal, seguiu até a Lagoa da Fortaleza e depois, às dunas de Cidreira, depois fazendo o caminho de volta para o ponto de largada.

“No percurso, houve paradas para bate-papos sobre a utilização múltipla das águas”, contou Tiago. Antes do início do passeio, ocorreu um abraço simbólico da lagoa, onde todos os participantes da Caiacada se deram as mãos e abraçaram o local. “Foi difícil fazer o abraço. Muita gente achou que não conseguiríamos, mas chegamos ao nosso objetivo”, comemorou.

“O trajeto foi feito com segurança, mas devido ao vento fraco, tivemos de encurtar o passeio, que inicialmente teria o dobro da duração”, lamentou Tiago. “Mas conseguimos mostrar para os participantes como é importante cuidar e preservar nossas águas. As pessoas ficaram encantadas com a Caiacada”, vibrou o turismólogo. 

Ele ressaltou que a Caiacada também teve o objetivo de chamar a atenção para um dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 ONU (Organização das Nações Unidas). “O objetivo 6, de água potável e saneamento, que visa assegurar a disponibilidade e a gestão sustentável da água e saneamento para todos”, esclareceu.

O próximo evento da ANAMA já está programado, sendo marcado para o dia 23 deste mês, em Três Forquilhas. “O passeio será alusivo ao Dia Internacional da Água, que acontece conforme a ONU, no dia 22 de março”, finalizou Tiago.