Lipo HD avança em técnicas e na preferência dos pacientes
capa

Lipo HD avança em técnicas e na preferência dos pacientes

Cada vez mais popular no Brasil, este tipo de Lipoaspiração ajuda na obtenção de um corpo mais atlético e uma barriga com “gominhos”

Por
Correio do Povo

Além de definir a musculatura e salientar as depressões e elevações naturais do corpo, essa cirurgia deixa mais definidas e magras várias regiões, como abdômen, braços, cinturas, coxas e peitorais.

publicidade

A busca pelo corpo perfeito favorece a lipo HD, também conhecida como de Lipoaspiração de Alta Definição. A tendência é que esse procedimento tenha mais adeptos nos próximos anos. Uma das razões para esse otimismo é o fato de o Brasil ocupar o segundo lugar no ranking mundial de Cirurgias Plásticas no mundo, com 1,3 milhão de procedimentos por ano, segundo a Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica (Isaps).

A melhoria dos resultados obtidos com a lipo HD graças ao avanço tecnológico é outro motivo que influencia o maior interesse dos pacientes, segundo o Cirurgião Plástico Rummennig de Albuquerque.

Ele aponta que a lipo HD tem uma maior indicação por pacientes que já apresentam uma rotina de atividades físicas, têm uma dieta balanceada e não conseguem definir a região do abdômen e do dorso.

“A lipoaspiração HD deixa o contorno corporal mais atlético, porque, além de retirar a gordura em planos profundos do abdômen e do dorso, elimina a gordura superficial de determinadas regiões anatômicas naturais. Nas mulheres, essas regiões são as linhas média e laterais do músculo reto do abdômen, as regiões da cintura, do dorso, braços e pernas. Nos homens, a cirurgia abrange esses mesmos locais, além da possibilidade de ressaltar as divisões do reto abdominal, os famosos "gominhos" do abdômen, explica o médico. 

Albuquerque também destacou que a evolução dos equipamentos utilizados na lipo HD contribuiu bastante para o procedimento ser mais eficaz e proporcionar mais satisfação aos pacientes. 

Cuidados

Também é necessária muita atenção na hora de escolher o profissional para fazer a lipo HD. Afinal, o procedimento exige uma série de requisitos para obter bons resultados.

“Antes de fazer a cirurgia, recomendo verificar se o profissional é especialista pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Outra medida é constatar se ele tem formação para trabalhar com essa técnica”, orienta Albuquerque.

Sempre importante ressaltar que a técnica não serve para todo mundo. Pacientes acima do peso ou que apresentam flacidez de pele se beneficiam de outros procedimentos que não a Lipo HD. “A avaliação médica é essencial para que os procedimentos sejam bem indicados e adequados para cada paciente, com o intuito de  se ter obter bons resultados.”

É preciso ter cautela após a lipo HD. Da mesma forma que outros procedimentos cirúrgicos, a recuperação exige cuidados pós-operatórios, como repouso e evitar exercícios físicos por 15 dias.

O uso da cinta modeladora para definir as áreas lipoaspiradas e a drenagem linfática são necessários. O retorno aos exercícios físicos é permitido após 15 dias da cirurgia. 

Vantagens

Além de definir a musculatura e salientar as depressões e elevações naturais  do corpo, essa cirurgia deixa mais definidas e magras várias regiões, como abdômen, braços, cinturas, coxas e peitorais.

Outro ponto positivo é não ser um processo voltado apenas para retirar gorduras. O procedimento também possibilita utilizar a gordura extraída e ser utilizada nos glúteos e, alguns casos, nos peitorais dos homens para deixá-los mais bonitos.

Em comparação com a lipoaspiração comum, a HD apresenta uma série de vantagens, como menos hematomas, retirada de maior quantidade de gordura dentro da margem de segurança , contorno corporal com maior definição e excelentes resultados.

“Considero que a Cirurgia Plástica fortalece a autoestima dos pacientes. Isso é fundamental não apenas para melhorar as relações sociais e familiares, mas também para aumentar a produtividade”, enfatiza Albuquerque.

Para atuar com a lipo HD, o médico Rummennig de Albuquerque realizou residência médica em Cirurgia Plástica pela Universidade Federal de São Paulo. Ele conta com o título de especialista concedido pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

“Fiz capacitações na Colômbia, pais pioneiro na lipo HD, com o objetivo de estar mais preparado para realizar este procedimento. Com certeza, isso me ajuda a prestar um  melhor atendimento a um determinado grupo de  pacientes, que somente com as técnicas tradicionais de lipoaspiração eu não conseguia oferecer”, destaca o médico.