Saúde para felicidade: como ter uma rotina mais leve e saudável no retorno às atividades presenciais

Saúde para felicidade: como ter uma rotina mais leve e saudável no retorno às atividades presenciais

Depois de mais de um ano de medo e incertezas, especialistas orientam sobre como resgatar a leveza e a felicidade na rotina

Correio do Povo

publicidade

Com o avanço da vacinação, muitas pessoas estão se preparando para retomar o trabalho, aulas e encontros presenciais após quase um ano e meio de isolamento. No entanto, o retorno exige cuidados, tanto em relação à saúde física, já que o coronavírus ainda causa contaminações, quanto em relação à saúde mental. Para tratar destas questões, o Sesc/RS promove, até hoje (quinta-feira), o evento on-line Saúde para Felicidade de forma gratuita. O primeiro encontro contou com o infectologista André Siqueira, pesquisador da Fiocruz, que falou sobre  Long Covid, conjunto de sintomas relatados por pacientes infectados, e sobre os cuidados necessários para evitar novos casos. 

Para muitas pessoas, a perspectiva de voltar à rotina presencial parece desafiadora e é preciso lançar mão de técnicas para encarar esse momento com mais leveza e felicidade, temas que serão abordados nos encontros seguintes pelo nutricionista João Motarelli e pela psicóloga Carla Furtado, fundadora do Instituto Feliciência. A psicóloga do Sesc Lajeado Brenda Borges Schmitt adianta que sensações de angústia, medo de sair e de ter contato social são naturais em momentos como esse. Os sentimentos têm até um nome: Síndrome da Cabana, termo que surgiu em 1900, nos Estados Unidos, para explicar um problema que acontecia quando trabalhadores passavam longos períodos reclusos esperando o inverno passar: 

"É muito importante frisar que essa síndrome não é um distúrbio psicológico e sim um fenômeno natural do nosso corpo, frente a mudanças bruscas de comportamento que o indivíduo está enfrentando. E levando em consideração o atual cenário que vivemos de uma pandemia, essa sensação se intensifica ainda mais, levando em conta todos os cuidados que precisamos ter”, informa Brenda. Mas a psicóloga frisa que os desafios recentes também tornaram as pessoas mais resilientes e existem formas de iniciar uma nova etapa com mais tranquilidade.


Confira dicas para ter mais leveza na retomada das atividades presenciais:

Ter uma rotina pode contribuir no processo de reorganização das atividades. Comece com coisas que considera serem simples, como hobbies;

Não esqueça: atividade física é uma boa aliada para o bem-estar!

Respeitar seu próprio tempo é muito importante, pois estamos mais sensíveis ao momento que estamos vivendo. Faça aquilo que você consegue fazer nesse momento, respeite seu ritmo, foque no que está no seu controle; 

Estabelecer prioridades profissionais, pessoais e pausas podem ajudar também;

No que diz respeito ao trabalho, tanto para quem foi afastado como quem trabalhou em home office, poder retomar as atividades de forma gradual pode contribuir muito para a saúde mental, para que possa se sentir pertencente novamente ao grupo;

Tenha uma rede de apoio, amigos, familiares com quem você possa contar;

Para as empresas é importante ter em mente como essa retomada pode impactar na vida do trabalhador. Palestras, rodas de conversas e suporte psicológico podem contribuir no acolhimento;

Busque ajuda profissional: a terapia pode auxiliar nesse processo e ser um suporte muito significativo para a saúde mental e emocional.

Além disso, volte com cuidado e se vacine!

Ainda não é o momento de deixar o cuidado e as medidas de proteção de lado,  como utilizar álcool em gel com frequência, usar máscara de proteção e redobrar a atenção com a saúde. Também é importante se vacinar contra a Covid-19, ressalta a gerente de Saúde do Sesc/RS, Mari Estela Kenner.


Saúde para a Felicidade - Sesc/RS

Horário: 16h

Transmissão: www.youtube.com/sescrs

Evento gratuito

Inscrições e informações no site: https://sesc-rs.com.br/saudeparafelicidade


Programação:

05/08 (quinta-feira) - Bem-estar

Carla Furtado

Professora e Pesquisadora em Psicologia, fundadora do Instituto Feliciência. É referência nacional em Felicidade e Bem-Estar no Trabalho.

Já palestraram: sobre Long Covid, Dr. André Siqueira - Médico, infectologista e pesquisador no INI/ Fiocruz, no Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas, Fundação Oswaldo Cruz. Coordenador da Replick (Rede de Pesquisa Clínica e Aplicada em Chikungunya) e sobre Mindfulness, João Motarelli, nutricionista, professor de Mindful Eating e Autocompaixão. É assessor científico do Departamento de Nutrição da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo – Socesp.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895