Porto Alegre, terça-feira, 21 de Outubro de 2014

  • 28/06/2014
  • 09:12

Mulheres no futebol em exposição do Gasômetro

Exposição pode ser visitada até dia 13 de julho

Exposição pode ser visitada até dia 13 de julho | Foto: Pedro Revillion / CAM / CP

Exposição pode ser visitada até dia 13 de julho | Foto: Pedro Revillion / CAM / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

A exposição “Futebol e Mulheres no País da Copa 2014”, na Usina do Gasômetro, pretende mostrar a temática da mulher no cenário do futebol. “Queremos mostrar que a mulher joga futebol há muito tempo. Que fala e entende de futebol. Falta o incentivo de patrocinadores para que essa modalidade seja desenvolvida no país’’, afirma Cleizi Zanette, uma das organizadoras da exposição e assessora técnica da Secretaria Estadual de Esporte e Lazer e da Fundação de Esporte e Lazer do Rio Grande do Sul (Fundergs).

O material exposto foi recolhido através de um coletivo chamado Guerreiras Project, que fez fotos das atletas da seleção brasileira e de times profissionais e de várzea. O projeto usa o futebol como ferramenta para revelar, analisar e combater preconceitos de gênero e faz isso através da criação de espaços nos quais se pode discutir os temas em encontros agendados. Além de fotos, a exposição tem chuteiras autografadas, camisetas e até um álbum de figurinhas da Copa do Mundo de Futebol Feminino.

A ideia da exposição também permitiu a criação de outros projetos, como o Curso de Árbitras e Mesárias de Futebol para Mulheres, Curso de Formação de Lideranças de Jogadoras, que acontece em São Paulo, e um Seminário Estadual "Gestão e Ética no Futebol Feminino", entre outros eventos. A Exposição fica na Usina até o dia 13 de julho.

Liga Canela Preta

Juntamente com a exposição ‘‘Futebol e Mulher no País da Copa 2014’’, a Liga da Canela Preta também exibe o seu material, com fotos que contam a história da união de entidades participantes. Formada no fim da década de 1910 por um grupo de negros, que eram impedidos de jogar nos times dos brancos, a liga fez a resistência contra o racismo no futebol porto-alegrense.

Além desse movimento, o grupo formou times que se destacaram até a década de 30. Primavera, Bento Gonçalves, União, Primeiro de Novembro, Rio-Grandense, 8 de Setembro, Aquidabã e Venezianos foram alguns dos times da Liga da Canela Preta.

Bookmark and Share