Correio do Povo

Porto Alegre, 30 de Julho de 2014


Porto Alegre
Agora
18ºC
Amanhã
17º 24º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Gre-Nal

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

09/02/2014 22:46 - Atualizado em 09/02/2014 22:48

“Fizemos um grande primeiro tempo”, avalia Enderson

Para técnico do Grêmio, começo do jogo se aproxima do ideal projetado à equipe

Para técnico do Grêmio, começo do jogo se aproxima do ideal projetado à equipe<br /><b>Crédito: </b> Fabiano do Amaral / CP
Para técnico do Grêmio, começo do jogo se aproxima do ideal projetado à equipe
Crédito: Fabiano do Amaral / CP
Para técnico do Grêmio, começo do jogo se aproxima do ideal projetado à equipe
Crédito: Fabiano do Amaral / CP

Os primeiros minutos do Grêmio no clássico deste domingo são próximos ao que o técnico Enderson Moreira projeta à equipe. Após o 1 a 1 com o Inter, o treinador avaliou positivamente a etapa inicial do Tricolor, mas ressaltou que ainda busca a formação ideal.

“Fizemos um grande primeiro tempo e era merecedor de ter saído na frente, pelo domínio e controle de jogo”, avaliou Enderson, que admitiu a superioridade colorada na etapa final. Ainda assim, Enderson salientou o poder de reação do grupo. “Foi importante para que pudéssemos buscar o resultado.”

O técnico do Grêmio afirmou que ainda estuda a melhor formatação do time. “Estamos num processo ainda. Estou há um mês com a equipe. Temos utilizado sempre a melhor formação possível”, explicou. “Nossa preparação é sempre para que os atletas possam jogar em qualquer estádio, com calor ou frio. A gente busca sempre vitórias, independente do local, torcida.”

Mesmo que o ideal ainda não esteja pronto, Enderson vê a situação como natural ao fim de uma pré-temporada. “É uma equipe viva, que vai se transformando. A gente tem uma Libertadores na quinta-feira e não poderíamos terminar uma pré-temporada dando todo o espaço (para descanso) em detrimento a dar ritmo de jogo aos atletas. Precisamos visualizar o que esses atletas podem dar dentro de campo”, disse.

O treinador espera uma pedreira para a estreia contra o Nacional. “É uma equipe extremamente tradicional, que sabe muito bem jogar em seus domínios, tem um torcedor apaixonado que vai empurrar a equipe”, projetou. “Mas do outro lado tem a nossa equipe, que vai se empenhar ao máximo para trazer um grande resultado de Montevidéu.”

Bookmark and Share

Fonte: Rádio Guaíba e Correio do Povo






O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.