Correio do Povo

Porto Alegre, 27 de Agosto de 2014


Porto Alegre
Agora
11ºC
Amanhã
18º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Gre-Nal

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

30/03/2014 19:19 - Atualizado em 30/03/2014 19:31

Enderson Moreira diz que derrota foi decorrente da sequência de jogos

Treinador do Grêmio disse equipe pagou um preço por atuar em duas frentes: Libertadores e Gauchão

Enderson Moreira disse que time tem condições de reverter<br /><b>Crédito: </b> Lucas Uebel / Divulgação / Grêmio / CP
Enderson Moreira disse que time tem condições de reverter
Crédito: Lucas Uebel / Divulgação / Grêmio / CP
Enderson Moreira disse que time tem condições de reverter
Crédito: Lucas Uebel / Divulgação / Grêmio / CP

A sequência de jogos complicados —  Libertadores e fases decisivas do Gauchão — cobraram um preço neste domingo. Para o técnico do Grêmio, Enderson Moreira, a derrota do no Gre-Nal 400, 2 a 1, de virada, foi porque o grupo sentiu o desgaste físico dessa sequência e caiu de rendimento. "Infelizmente, a gente paga um preço pela sequência de jogos. E havia uma preocupação para quarta-feira. Acabamos acusando um pouco antes", disse o treinador.

"Estamos jogando com a equipe principal. É o que acontece com uma equipe que tem que ter foco em duas frentes", destacou o treinador gremista.

Apesar da vantagem colorada, Enderson afirma que o placar pode acontecer em qualquer lugar. Assim, mantém a esperança para o jogo de volta da final do Gauchão, dia 13 de abril, provavelmente no Estádio Beira-Rio.

"Tivemos do outro lado uma grande equipe, extremamente qualificada. O seugndo tempo deles foi muito bom, o nosso primeiro foi bem melhor e o contrário no segundo tempo. O placar que aconteceu aqui pode acontecer em qualquer outro local. Temos que virar a chave, que ocorre constantemente e pensar no desafio de quarta", avaliou Enderson.

Enderson elogiou o primeiro tempo da equipe e lembrou que o time, se tivesse feito mais dois gols, seria até natural em função do ritmo veloz e da, segundo ele, superiodade da equipe. " Fizemos um bom jogo, tivemos oportunidades. No segundo tempo foi o contrário". Ele disse que conversou com os atletas e que disse que grandes vitórias são construídas com algumas derrotas, poucas, mas elas ocorrem.

O Grêmio muda o foco e volta a pensar na Libertadores, onde na próxima quarta-feira tem uma "decisão" contra o Atlético Nacional-COL em Medellín, na Colômbia. O Grêmio está em segundo no Grupo 6 e precisa de pelo menos um ponto para encaminhar a vaga às oitavas-de-final. Na última rodada o Tricolor recebe o Nacional-URU, que já está sem chances de passar de fase. O time viaja 6h30min da manhã desta segunda para a Colômbia.

Bookmark and Share


Fonte: Correio do Povo e Lancepress






O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.