Porto Alegre, terça-feira, 21 de Outubro de 2014

  • 17/01/2014
  • 10:12
  • Atualização: 12:38

Funcionários da OAS manterão greve em Porto Alegre

Paralisados há quatro dias, trabalhadores rejeitaram proposta da construtora

  • Comentários
  • Jerônimo Pires / Rádio Guaíba

Os trabalhadores rejeitaram, na manhã desta sexta-feira, a proposta da Construtora OAS e mantiveram a paralisação que já dura há quatro dias em Porto Alegre. Conforme o presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Civil de Porto Alegre (Sticc), Valter Souza, os funcionários querem melhorias nas condições de moradia em Porto Alegre, na alimentação e pagamento do passagens para visitar familiares. A maioria dos empregados é do Nordeste brasileiro.

Segundo Souza, a empresa ofereceu melhorias na participação nos lucros e no Vale-Refeição, mas não aceitou discutir a hora extra. A construtora aceitou que os trabalhadores deixem o canteiro de obras no intervalo. Os funcionários realizam obras no entorno da Arena do Grêmio, no bairro Humaitá, na zona Norte da Capital.

Bookmark and Share