Porto Alegre, quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

  • 27/03/2014
  • 10:41
  • Atualização: 14:21

"Nova ponte do Guaíba era desejo antigo", comemora presidente da Fiergs

Pelo Twitter, Dilma anunciou que prazo para inauguração é de três anos

  • Comentários
  • Correio do Povo e Rádio Guaíba

Em entrevista à Rádio Guaíba nesta quinta-feira, o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs), Heitor José Müller, comemorou o anúncio da construção da segunda ponto sobre o Guaíba, feito pela presidente Dilma Rousseff nesta manhã. “Era um desejo muito antigo, nós corremos um risco muito sério com a ponte elevadiça que está há muitos anos, depende de muita manutenção e a qualquer hora pode dar problemas” alertou Müller.

Para o presidente, é uma questão de acesso a Porto Alegre. Com a BR 448, que foi inaugurada em dezembro por Dilma, “já melhorou muito o acesso a Canoas e São Leopoldo”, destacou.  Porém, com a continuação da BR 448 até Estância Velha, que também já foi anunciada pela presidente, mas está em processo de estudo técnico para a construção, e ainda a nova ponte do Guaíba, a entrada e a saída de Porto Alegre com o interior do Rio Grande do Sul vão ficar “bem mais facilitadas”, projetou Müller.

Pelo Twitter, a presidente Dilma afirmou que o prazo para inauguração é de três anos. Ainda pelo @dilmabr, a presidente anunciou que a assinatura do contrato ocorrerá na segunda-feira. Dilma postou ainda que “menos tempo no trânsito significa + qualidade de vida c/ mais tempo p/ o trabalho, estudo, lazer e família #portoalegre242anos.”

Bookmark and Share