Porto Alegre, quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

  • 16/04/2014
  • 22:28
  • Atualização: 22:35

Pedido da guarda de Bernardo para a avó foi protocolado no dia do velório

Advogado explica que solicitação demorou para ser feita porque atuou no caso sozinho

  • Comentários
  • Wagner Machado/Rádio Guaíba

Embora já com a confirmação da morte do menino Bernardo Uglione Boldrini, de 11 anos, a defesa da avó dele, Jussara, de 73 só protocolou o pedido de guarda da criança, na Justiça de Três Passos, no dia do velório. O advogado Marlon Taborda, que representa a família da mãe de Bernardo, em Santa Maria, explica que só conseguiu protocolar o recurso nessa terça-feira porque atuou no caso sozinho.

• Leia mais sobre o caso Bernardo

Ainda assim, ele salientou que a petição foi concluída na segunda-feira, antes do corpo do menino ser encontrado, à noite, em um matagal de Frederico Westphalen. Taborda fala que uma série de fatores o impediram de encaminhar o pedido antes. “Escrevi a petição no dia 14, mas como tive de me deslocar até Três Passos e não tenho uma equipe de assessores. só consegui entregar no Fórum no dia 15, depois do velório”, explica.

Por fim, Taborda esclarece que, como procedimento-padrão, o pedido deve ser avaliado e indeferido pela Justiça.


Bookmark and Share