Porto Alegre, sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

  • 24/04/2014
  • 07:50
  • Atualização: 07:53

Policial mata três americanos em hospital de Cabul

Homem abriu fogo contra médicos de instituição administrada por ONG

  • Comentários
  • AFP

Um policial afegão abriu fogo nesta quinta-feira contra os médicos de um hospital de Cabul administrado por
uma ONG com sede nos Estados Unidos e matou três americanos, no ataque recente mais violento contra civis estrangeiros na cidade.

O atirador ficou ferido e foi detido. O ataque aconteceu em um hospital administrado pela ONG Cure Internacional, que tem sede em Lemoyne, Pensilvânia. "O atirador é oficial da polícia", declarou o porta-voz do ministério do Interior, Sediq Sediqqi.

Em um primeiro momento, as autoridades afegãs indicaram que o atirador era um segurança do local. O agente estava aparentemente do lado de fora do centro médico e "abriu fogo contra os estrangeiros que entravam".  "Infelizmente, três deles morreram e outros ficaram feridos. Outro policial da região atirou e o criminoso ficou ferido", completou Sediqqi.

"As motivações do ataque não estão claras. A investigação está em andamento", afirma um comunicado do ministério. O atirador foi detido "Confirmamos com grande pesar que três americanos morreram no ataque", informou a embaixada dos Estados Unidos em sua conta no Twitter.  "Não vamos anunciar mais informações no momento". O ataque não foi reivindicado por nenhum grupo até o momento.

Bookmark and Share