Porto Alegre, 24 de Abril de 2014

Parque Gigante

Postado por Hiltor Mombach em 24 de abril de 2014 - Esportes

Vai algum tempo escrevi que a Comissão de Reforma Estatutária do Internacional iria propor, não sabia quando, a extinção do Parque Gigante.
Houve um movimento dos sócios de muita repercussão contra o fechamento.
O próprio vice presidente do Parque Gigante, Mauri Luiz da Silva, chegou a dizer que, enquanto ele estivesse no cargo, isto não aconteceria.
Soube agora que estão sendo colocadas em prática  melhorias no local.
Sinal de que os sócios venceram?




Noia, mais

Postado por Hiltor Mombach em 24 de abril de 2014 - Esportes

Com valor de mercado estipulado pela Pluri em R$ 20,6 milhões, o Novo Hamburgo eliminou, com justiça, o Joinville da Copa do Brasil.
Venceu em casa e empatou fora.
Valor de mercado do rival: R$ 42,2 milhões.
Quem passar de Vitória (Bahia) e JMalucelli (Paraná) vai encarar o NH. Valor do Vitória: R$ 81,1 milhões; JMalucelli, 20,3.
O Novo Hamburgo registra a conquista da vaga como “mais um capítulo importante na sua história”.
Eliminou um integrante da Série B do Brasileiro e vice-campeão do Catarinense, colado na pontuação ao campeão Figueirense, participante da Série A nacional.
Noia que parou nas quartas-de-final do Gauchão contra o Brasil de Pelotas.




Os 25 Campeonatos Nacionais mais valiosos do Mundo

Postado por Hiltor Mombach em 24 de abril de 2014 - Esportes

http://www.pluriconsultoria.com.br/uploads/relatorios/PLURI%20Sportmetric%20-%20brasileirao%202014%20-%20Campeonatos.pdf




Do Olé

Postado por Hiltor Mombach em 24 de abril de 2014 - Esportes

“Y San Lorenzo va… Con un gran invento de Correa, le ganó 1-0 al duro Gremio y va a Porto Alegre con una buena ventaja, no sólo por el triunfo sino porque además mantuvo el arco en cero. Fiesta, otra vez, en el Gasómetro.”




Koff: “Dá para reverter, sim”

Postado por Hiltor Mombach em 24 de abril de 2014 - Esportes

Fábio Koff e a primeira derrota na Libertadores.
“Dá para reverter, sim.
O resultado pode ser revertido lá (Arena).
Com um pouquinho mais de força ofensiva dá para reverter.
O time teve pegada, ousadia.
Lamentavelmente algumas oportunidades foram mal aproveitadas.
Enfrentamos o adversário com coragem, com espírito de Libertadores.
O Grêmio sentiu a falta de ritmo de Luan (entrou no segundo tempo).”




Dá para reverter? Sim

Postado por Hiltor Mombach em 24 de abril de 2014 - Esportes

O Grêmio perdeu por 1 a 0 para o San Lorenzo na Argentina.
Em qualquer circunstância, um resultado normal.
Pelo momento do Grêmio, mais do que aceitável.
Lembrando que o melhor time da fase de grupos, o multicampeão Vélez Sarsfield, levou 1 a 0 do modestíssimo Nacional do Paraguai, em Assunção.
Aceitável porque o time não vive um bom momento, estava sem Rhodolfo e Wendell, titulares absolutos, e Zé Roberto e Luan voltavam de lesão.
A pergunta que fica é esta: dá para reverter?
Sim.
Portanto, a vaga está em aberto.
Isso importa.
Não vou analisar o jogo, destacar Dudu e criticar o improvisado Lé Gago na lateral, autor de jogadas bisonhas, falar da pouca ofensividade do time contra um adversário que não assustou tanto assim.
Sobre Léo Gago: só aos 38 min finais o volante deixaria a lateral para a entrada de quem deveria ter começado o jogo, Breno.
Vou dizer aos torcedores gremistas que só há uma forma de o Grêmio reverter a situação, fazer os gols necessários para eliminar o time do Papa na Arena e ir para as quartas-de-final: esquecer os Gre-Nais que decidiram o Gauchão, passar uma borracha na estreia no Brasileiro contra o Atlético-PR, colocar a bola no centro e apoiar o time, domingo, contra o Atlético Mineiro na Arena.
Empurrar o time para um bom resultado e dar confiança para a partida da próxima quarta-feira, contra os argentinos.




Sem ocorrência. Aleluia!

Postado por Hiltor Mombach em 23 de abril de 2014 - Esportes

Do site do Tribunal de Justiça.

O primeiro jogo realizado no estádio Beira-Rio pelo campeonato brasileiro de futebol não registrou ocorrência no Juizado do Torcedor.
Disputada contra o time baiano Vitória, a partida aconteceu no último sábado (19/4).




Última volta do ponteiro?

Postado por Hiltor Mombach em 23 de abril de 2014 - Esportes

 




Brasileiros

Postado por Hiltor Mombach em 23 de abril de 2014 - Esportes

De Edgardo Bauza, ainda:
“Não há um grande candidato ao título desta Libertadores, mas eu sempre digo que os brasileiros têm vantagem por questões econômicas”.
Ou seja, pagam melhores salários e quase sempre podem contar com os melhores jogadores.




Coisas do futebol

Postado por Hiltor Mombach em 23 de abril de 2014 - Esportes

Coisas do futebol.
Era 26 de abril de 2001.
Com apenas quatro meses de Grêmio, Tite já estava ‘prestigiado’.
E assim, no cai-não-cai, foi para o jogo contra o Santa Cruz no Olímpico pela Copa do Brasil. Vitória de 3 a 1.
O time deslanchou e Tite ganhou visibilidade nacional.




Segue repercutindo

Postado por Hiltor Mombach em 23 de abril de 2014 - Esportes

Continua repercutindo, também no exterior, a participação de D’Alessandro no programa “Ganhando o Jogo” de segunda-feira na Rádio Guaíba.
D’Ale sobre Aránguiz:
“É um jogador que, apesar de novo, é muito experiente.
Vai jogar o Mundial com a seleção.
Com ele no time, a bola não vai passar sempre por mim. Claro, faz parte da minha responsabilidade. Eu quero isso, criar, comandar nosso ataque.”
Com o chileno, o Inter não é mais D’Aledependente.




O “pai” de Dudu

Postado por Hiltor Mombach em 23 de abril de 2014 - Esportes

O único jogador indicado, e com insistência, por Enderson aprovou, tanto que é titular incontestável.
Trata-se de Dudu.