Porto Alegre, 17 de Abril de 2014

Acesso à arquibancada norte da Arena será exclusivo para torcidas organizadas

Postado por Hiltor Mombach em 16 de abril de 2014 - Esportes

Do site do Ministério Público

Uma reunião entre Ministério Público, Brigada Militar, representantes da Arena Porto Alegrense e direção do Grêmio definiu que a arquibancada norte do Estádio da Arena será destinada apenas para as torcidas organizadas. Para tanto, o Grêmio irá cadastrar, conforme prevê o Estatuto do Torcedor, os integrantes interessados até 30 de junho. A partir dessa data, só será permitido o ingresso de quem estiver no cadastro. O público em geral que quiser assistir aos jogos no local deverá, obrigatoriamente, escolher uma das organizadas e se cadastrar. O controle será fiscalizado pela BM e MP. Somente nesse local será permitido o uso de instrumentos musicais e faixas.

O encontro ocorreu nesta quarta-feira, 16, na Promotoria de Justiça Especializada do Torcedor. Participaram o Promotor de Justiça José Francisco Seabra Mendes Júnior; o titular do Comando de Policiamento da Capital, Coronel João Prates Godói; o representante do 1º Comando Regional de Bombeiros, Capitão Eduardo Zaniol; e os integrante do Batalhão de Operações Especiais, Major Mário Augusto Ferreira e Major Alessandro Prestes. Pela Arena Porto Alegrense, estiveram presentes Natália Mallmann e Eduardo Peña, e pela direção do Grêmio, o conselheiro Elvio José Pires.




SOBRE A PARALISAÇÃO DO FUTEBOL BRASILEIRO

Postado por Hiltor Mombach em 16 de abril de 2014 - Esportes

Do Bom Senso Futebol Clube no Facebook

Para mais de 80% dos clubes profissionais nos país, o futebol brasileiro já está paralisado. Com o fim dos estaduais, mais de 500 clubes fecham as suas portas e com isso deixam mais de 12 mil atletas sem emprego pelo resto do ano (confira aqui a lista dos clubes sem atividade:http://bit.ly/bsfc_todosostimes).

Existe a falsa ideia de que ser jogador de futebol no Brasil é sinônimo de sucesso. Porém, esta não é – nem de longe – a realidade da maioria dos jogadores no país, que agora parte à procura de algum emprego provisório enquanto esperam pelos campeonatos estaduais do ano que vem. Exemplo disso, é o que vimos em reportagem da Folha de S.Paulo sobre o Estadual de Roraima: http://bit.ly/estadualroraima Descrevendo-os como os “Ciganos da Bola”, a reportagem conta a história das dificuldades enfrentadas por jogadores Brasil afora e faz um retrato sobre o estado do futebol no país.

Mesmo em um cenário como esse, o principal responsável pelo estado do futebol brasileiro se diz preocupado única e exclusivamente com a Seleção e a Copa do Mundo. Nos manifestamos no domingo para chamar atenção ao lado ignorado do futebol brasileiro, aquele que não é prioridade para a CBF. Com a faixa: “Final de campeonato: 1 campeão, 500 clubes sem atividades e 12 mil desempregados” entramos em campo em diversas finais dos Estaduais, mas até a nossa faixa acabou ignorada pela TV.

É preciso deixar claro que o Bom Senso F.C. defende a criação da Série E justamente para que esses clubes possam jogar ao longo de todo ano. Ninguém está propondo a morte dos Estaduais. Muito pelo contrário, estamos pedindo Estaduais mais enxutos, competitivos e, consequentemente, rentáveis. Estaduais mais curtos não prejudicariam os clubes menores, pois isto seria compensado pela capilaridade do Brasileirão com séries A, B, C, D e E ao longo de todo ano, com todos os clubes de futebol profissional do Brasil envolvidos.

O Bom Senso F.C. existe justamente ‪#‎profutebolnãoparar‬, e precisamos do apoio dos torcedores para pressionar os tomadores de decisão do nosso futebol.

Conheça nossas propostas e assine a petição
www.bomsensofc.org




CHURRASCO DO POVO COLORADO

Postado por Hiltor Mombach em 16 de abril de 2014 - Esportes

http://email.correiodopovo.com.br/WorldClient.dll?View=Main




Política

Postado por Hiltor Mombach em 16 de abril de 2014 - Esportes

Com DNA colorado, Marcelo Feijó Medeiros (neto de Afonso Paulo Feijó, filho de Gilberto Medeiros e sobrinho de Marcelo Feijó, todos ex-presidentes do clube) deverá mesmo ser o indicado para concorrer à sucessão de Giovanni Luigi.
Os resultados do futebol dirão das suas chances de ganhar.
É integrante do Movimento Inter Grande.




Volantes

Postado por Hiltor Mombach em 16 de abril de 2014 - Esportes

O Inter emprestou o volante Augusto para o Sport (teve boa passagem pela Chapecoense) pois acha que tem um garoto melhor no grupo para a função, Gladestony, 21 anos.
Não cogitou o retorno de Sandro pelo salário, alto, e porque, se contratar um meio-campista, será para segunda função. Neste caso, Aránguiz passaria a jogar definitivamente mais adiantado, como parceiro de D’Alessandro.
Em tempo: direção segue atrás de um atacante de velocidade.




Lembranças

Postado por Hiltor Mombach em 16 de abril de 2014 - Esportes

Nelson Rodrigues dizia que “o patético de nossa época é que o passado se insinua no presente e repito: a toda hora e em toda parte, a vida injeta o passado no presente”.
Dirigentes que já comandaram o futebol do Grêmio: Petry, Olmedo, Koff, Dourado, Odone, Raul Régis, Cacalo, Galia, Preis, Saul Berdichevsky…
O time campeão mundial em 83: vice de futebol, Alberto Galia; diretores, Túlio Macedo e Rudy Armin Petry e supervisor, Antônio Carlos Verardi. Koff na cabeça.




Carta fictícia para Koff

Postado por Hiltor Mombach em 16 de abril de 2014 - Esportes

Carta fictícia de um amigo do treinador Enderson Moreira para o presidente do Grêmio, Fábio Koff.
“Doutor Koff. Venho, respeitosamente, justificar as duas derrotas do meu amigo Enderson para o Inter e, principalmente, a goleada dominical.
Ele foi o culpado, presidente.
Um treinador precisa saber quando ganha e quando perde e ele sabe porque perdeu.
O zagueiro Werley não vem bem, não é presidente! Bressan é melhor? Ou Enderson deveria ir de Geromel!
Quando ele sacou Edinho, certamente confiou nos que disseram que Maxi Rodríguez era a sensação do Uruguai.
Não maximizaram o Maxi, presidente?
Se Enderson escalou Alan Ruiz no lugar de Luan é porque acreditou em seu executivo, Rui Costa.
Este afirmou que disse Alan possuia a característica de um enganche argentino clássico.
Perdoe o atrevimento, mas quem Enderson deveria ter escalado para começar o jogo de domingo: Bressan, Léo Gago, Maxi Rodríguez, Deretti, Everton, Lucas Coelho, Canavésio, Moisés, Adriano…
Até eu, que não sou técnico, apenas amigo de um técnico, no caso Enderson, até eu sei porque o Grêmio levou um baile no segundo tempo dois dois Gre-Nais.
Quem seria o D’Alessandro do Grêmio? Alan Ruiz. E Aránguiz? Seria Maxi Rodríguez. Levou um baile porque hoje, que amanhã é outro dia, o Inter está melhor aparelhado.
Atenciosamente, um amigo de Enderson Moreira.”




Saiu

Postado por Hiltor Mombach em 15 de abril de 2014 - Esportes

Para reduzir a folha de pagamento, o Inter acertou o empréstimo do atacante Caio para o Vitória até dezembro. Caio é bom jogador, mas teve poucas chances no Beira-Rio. Mesmo assim, ficou na frente de Forlán no ranking dos atacantes do Brasileiro de 2013 da Placar.
Como não teria chance com Abel, melhor colocá-lo em outro time.




Grêmio: conselheiro pede exclusão

Postado por Hiltor Mombach em 15 de abril de 2014 - Esportes

Eleito conselheiro em 2010 e tendo mandato até 2016, Messias Stroschein Soares pediu exclusão do cargo através de e-mail dirigido ao presidente do CD, Milton Camargo.
O pedido foi aceito.
Messias justificou o pedido dizendo não pode frequentar todas as reuniões, deixando a vaga para outro sócio.
Messias continua associado ao clube.
Está em http://sentimentoalemdarazao.tumblr.com:

Criada em 2001, a Geral do Grêmio é atualmente a maior torcida do Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense. A torcida é comandada pelos fundadores Rodrigo Marques Rysdyk, Messias Stroschein Soares e André Becker Damiani – os dois últimos também figuram no quadro de conselheiros do clube.




Tite

Postado por Hiltor Mombach em 15 de abril de 2014 - Esportes

Cogitou-se a troca de treinador no Grêmio.
Enderson Moreira ficou por dois motivos: com ele o time garantiu a vaga nos matas da Libertadores em primeiro do grupo, com a segunda melhor campanha no geral, e quem o clube gostaria de contratar não está disponível.
Tite (Felipão está na Seleção) é hoje o único treinador brasileiro, na visão de ilustres gremistas, capaz de desembarcar e tocar o futebol do Grêmio sozinho.
Com Tite esperando o fim da Copa do Mundo para, quem sabe, assumir o Brasil, o Grêmio deixa tudo como está.




“Ganhando o Jogo”

Postado por Hiltor Mombach em 15 de abril de 2014 - Esportes

Foi ótimo ter retornado ao “Ganhando o Jogo” da Rádio Guaíba.
O novo formato ajuda, pois as informações gerais são dadas das 11h ao meio-dia e, do meio-dia até às 13h, é debate.
Um dos assuntos de ontem foi se o Inter precisa ou não jogar com dois volantes específicos, já que Aránguiz atua bem adiantado. Sou de opinião que sim.




Abel,o gestor

Postado por Hiltor Mombach em 15 de abril de 2014 - Esportes

Abel disse no domingo, após a goleada no clássico, ter informado seus jogadores de que o clube busca dois reforços pontuais.
Fez muitíssimo bem.
Assim, o grupo não fica sabendo das novidades pela imprensa.
Isto ajuda a manter a harmonia do grupo. Além de ser um treinador consagrado, Abel mostra psicologia.
Trata-se de um gestor.