Alec Baldwin fará aulas de controle de raiva após briga de rua
capa

Alec Baldwin fará aulas de controle de raiva após briga de rua

Em novembro do ano passado, ator deu um soco em outro homem em um disputa por vaga de estacionamento

Por
AFP

Ator recebeu a liberdade condicional após uma audiência em um tribunal de Manhattan

publicidade

Alec Baldwin se declarou, nesta quarta-feira, culpado de assédio após um incidente por uma vaga de estacionamento, e aceitou participar de um programa de curto prazo de controle de raiva. O ator nova-iorquino, que ganhou um Emmy por sua imitação de Donald Trump em "Saturday Night Live", recebeu a liberdade condicional após uma audiência em um tribunal de Manhattan.

Baldwin, de 60 anos, deverá voltar ao tribunal em 27 de março para informar sobre o cumprimento de suas aulas de controle da raiva. Em novembro, Baldwin foi detido após dar um soco no rosto de um homem de 49 anos durante uma briga por uma vaga de estacionamento, segundo a polícia. O ator foi, inicialmente, acusado de assédio e agressão, mas depois de negociar com a promotoria se declarou culpado de assédio, a acusação mais leve.