Anna Wintour defende capa polêmica da Vogue com Kamala Harris

Anna Wintour defende capa polêmica da Vogue com Kamala Harris

A controvérsia começou nas redes sociais, depois que a prestigiosa revista de moda divulgou sua capa da edição impressa de fevereiro

AFP

Kamala Harris é primeira mulher negra eleita vice-presidente dos EUA

publicidade

Uma foto de capa da Vogue com Kamala Harris usando tênis é um desrespeito à primeira mulher negra eleita vice-presidente dos Estados Unidos? A polêmica levou a influente editora-chefe da revista, Anna Wintour, a afirmar nesta terça-feira (12) que nunca quis minimizar sua "incrível vitória".

A controvérsia começou no domingo nas redes sociais, depois que a prestigiosa revista de moda divulgou sua capa da edição impressa de fevereiro.

Inicialmente, alguns se queixaram de que o rosto da futura vice-presidente havia sido "embranquecido". Mais tarde, os críticos apontaram para a escolha de uma foto em que Harris parecia muito "relaxada".

Na imagem, ela está de pé em frente a um fundo de tecidos rosa e verde. O ensaio foi feito pelo fotógrafo afro-americano Tyler Mitchell, responsável pela capa da Vogue de Beyoncé em 2018.

Foram descartadas outras fotos, entre elas uma mais formal, em que Harris cruza os braços, vestindo um terninho azul claro.

"Obviamente ouvimos e entendemos a reação à capa impressa e só quero reiterar que não foi nossa intenção, de forma alguma, minimizar a incrível vitória da vice-presidente eleita", disse Wintour à repórter Kara Swisher, do New York Times.

A jornalista também divulgou nesta terça uma entrevista inusitada com Wintour realizada antes da polêmica, na qual ela descreve a capa como "alegre e otimista".

"Não consigo imaginar ninguém vendo nesta capa outra coisa senão isso, a imagem de uma mulher em pleno domínio de seus poderes que, junto com o presidente eleito, dará a este país a liderança de que precisa", afirmou.

"Para mim, é uma declaração muito importante e positiva sobre as mulheres e as mulheres no poder."

Kamala Harris não reagiu oficialmente à controvérsia. Porém, fontes de seu entorno disseram à imprensa dos EUA que a escolha dessa foto para a capa os pegou de surpresa.

cat/cjc/ll/lda/ic/mvv

THE NEW YORK TIMES COMPANY


publicidade

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895