As muitas facetas de Carmen e seus violões

As muitas facetas de Carmen e seus violões

Colaboradores do disco/espetáculo concedem entrevista em série, exibida a partir desta segunda, no YouTube, sobre a concepção do concerto cênico e álbum

Série com integrantes do concerto cênicos "Carmem & os Violões" começa nesta segunda com a bailarina e coreógrafa Ana Medeiros

publicidade

Os colaboradores do disco/espetáculo “Carmen & os Violões” dão entrevistas a partir de hoje pelo canal do YouTube da Violões de Porto. O projeto busca apresentar os profissionais, o seu envolvimento com o projeto e, especialmente, a importância de cada tema na estruturação de um espetáculo, assim como são os “pilares” de uma construção. A primeira a participar é a bailarina e coreógrafa Ana Medeiros, nesta segunda-feira, às 21h. 


Os temas abordados serão roteiro, coreografia, divulgação, iluminação, sonorização, gravação, arranjos, entre outros. A intenção celebrar um ano de lançamento do deste disco, com Violões de Porto e Ana Medeiros, La Negra. A primeira ação foi o lançamento do clipe “Habanera” e segue, até 15 de outubro, com estreia de arranjo e nova música no repertório do espetáculo. 
Participam também das série de entrevistas o músico Daniel Wolff (dia 24 de setembro); Margs Ferreira e Fábio Zambo (dia 28 de setembro), às 20h. Em outubro, a agência Riobaldo Conteúdo Cultural (dia 1), Marcos Abreu (dia 5); Julia Bertolucci (dia 8), e Violões de Porto (dia 13). Todos às 20h, com transmissão pelo Canal do YouTube da Violões de Porto  (youtube.com/channel/UCASmEhi6xrwVb8I_8uIOEUQ).

 

“Carmen e os Violões” é um concerto cênico, com música de concerto acompanhada de coreografia sobre um enredo inspirado na ópera “Carmen”, de Bizet, e na biografia de Carmen Miranda, evocando elementos do protagonismo feminino e da cultura popular. Das castanholas de Sevilha ao swing brasileiro, o espetáculo traz em seu repertório compositores consagrados como Georges Bizet, Manuel De Falla, Ernesto Nazareth e Chiquinha Gonzaga. A gravação foi feita ao vivo em dezembro de 2018, no teatro do Centro Histórico-Cultural da Santa Casa. 

 


publicidade

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895