“Brooklyn – Sem Pai Nem Mãe” e "Dois Papas" estão entres filmes que entram em cartaz hoje
capa

“Brooklyn – Sem Pai Nem Mãe” e "Dois Papas" estão entres filmes que entram em cartaz hoje

"As Golpistas" e "Feliz Aniversário" também chegam às telonas nesta quinta-feira

Por
Correio do Povo

“Brooklyn – Sem Pai Nem Mãe" é repleto de segredos guardados a sete chaves

publicidade

São várias as estreias que chegam às telas de cinema a partir de hoje. A primeira delas é o policial noir “Brooklyn – Sem Pai Nem Mãe”, com direção e atuação de Edward Norton. O filme acompanha Lionel Essrog (Norton), um detetive particular solitário que convive com a síndrome de Tourette, conforme tenta solucionar o assassinato de seu mentor e único amigo, Frank Minna (Bruce Willis).

Munido somente de algumas pistas e a força de sua mente obsessiva, Lionel desvenda segredos guardados a sete chaves que colocam o destino da cidade inteira em cheque. Em um mistério que o leva desde clubes de jazz no Harlem até os cortiços sombrios do Brooklyn e às suntuosas propriedades dos figurões mais influentes de Nova Iorque, Lionel tem que lidar com capangas, corrupção e o homem mais perigoso da cidade para honrar seu amigo e salvar a companheira que pode ser sua própria salvação.

Disputa entre a tradição e o progresso

Outra estreia é o esperado filme do diretor brasileiro Fernando Meirelles, “Dois Papas”. Indicado ao Oscar por “Cidade de Deus”, Meirelles dirigiu sobre o roteiro de Anthony McCarten, três vezes indicado ao Oscar. Na trama, a história dos bastidores de uma das mais dramáticas transições de poder nos últimos 2000 anos.

Frustrado com a direção da Igreja Católica, o cardeal Bergoglio (vivido pelo ator Jonathan Pryce) pede permissão ao papa Bento XVI (excelente atuação de Anthony Hopkins) para se aposentar em 2012. Em vez disso, enfrentando escândalos e sua própria insegurança, o introspectivo papa chama seu maior crítico e futuro sucessor em Roma para revelar um segredo que abalaria os alicerces da Igreja Católica.

O que se vê dentro do Vaticano, então, é a disputa entre a tradição e o progresso, a culpa e o perdão, e dois homens muito diferentes confrontando seus passados em busca de terreno comum. O filme é produção da Netflix e, depois de duas semanas em cartaz, irá para a plataforma de streaming.

Outra novidade é o longa “As Golpistas”, da norte-americana Lorena Scafaria. Em entrevista concedida a Elizabeth (Julia Stiles), jornalista da New York Magazine, a ex-stripper Destiny (Constance Wu) conta em detalhes como conseguiu o emprego e conheceu Ramona (Jennifer Lopez), ícone do meio que logo se tornou sua grande amiga.

Devido à crise financeira que abalou Wall Street em 2008, Destiny e Ramona viram o declínio na quantidade de clientes na boate em que trabalham afetar sua própria rentabilidade. Com isso, decidem elas mesmas iniciar um plano onde, juntamente com algumas amigas, vão atrás de homens em restaurantes para, após dopá-los, faturar em cima de seus cartões de crédito. 

E para os amantes das produções francesas, a dica é “Feliz Aniversário”, de Cédric Kahn, com Catherine Deneuve, Emmanuelle Bercot, Vincent Macaigne e o próprio Cédric Kahn. O filme gira em torno de uma reunião familiar, em um lindo dia de verão para comemorar os 70 anos da matriarca.

No filme, há o marido, os dois filhos, noras, filhos destes e uma jovem de 18 anos que parece ter crescido ali. A atmosfera é aconchegante e exuberante, até que a filha mais nova aparece de repente, depois de quatro anos de ausência. Ela é saudada como a filha pródiga, mas traz o caos na bagagem.

Confira com mais detalhes as estreias de hoje: