Cacá Carvalho protagoniza adaptação de "A Próxima Estação - Um Espetáculo para Ler”

Cacá Carvalho protagoniza adaptação de "A Próxima Estação - Um Espetáculo para Ler”

Do italiano Michele Santeramo, espetáculo que conta com projeção de imagens de Cristina Gardumi fala de um casal junto há 50 anos

Correio do Povo

O diálogo não é encenado, mas lido pelo ator em cena, no espetáculo que conta com desenhos acompanhados de legenda, que desempenham papel fundamental para que se estabeleça o jogo teatral

publicidade

O espetáculo “A Próxima Estação - Um espetáculo para ler”, escrito pelo premiado dramaturgo italiano Michele Santeramo, encenado na Itália pelo próprio autor no início de 2015, com excelente repercussão da crítica. No Brasil, ganha uma versão interpretada pelo ator Cacá Carvalho. Pela primeira, esta adaptação brasileira ganha apresentação on-line. com temporada gratuita de hoje a 13 de setembro, sempre às 20h, no canal do YouTube da Corpo Rastreado. Em todas as sessões, oartista participa ao vivo de conversa com os espectadores.

Desta vez, o homem e sua crise em viver – centro do interesse artístico de Cacá Carvalho –, é foco do casal Violeta e Massimo, cheio de ironias, poesias e conflitos, que juntos repassam o curso de suas vidas em seis estações, marcadas por intervalos de uma década, ao longo de 50 anos, de 2015 a 2065. Eles vivem até o ano de 2065, em desentendimento com o mundo e o tempo vivido. O espetáculo pontua as alterações deste percurso comum aos dois, os pequenos e grandes embates do relacionamento, as modificações de seus desejos, a expressão da ternura, a maneira como eles se divertem, a inata delicadeza e as adaptações que terão de enfrentar impostas pelo novo modo de vida de um futuro fictício, no qual pulsações profundas, desejos e paixões se deslocam no tempo.

 No palco, o artista dialoga com a projeção das imagens de Cristina Gardumi. que para traduzir a história de amor deste casal em imagens, criou criaturas humanas animalizadas ou animais humanizados com traços de extrema delicadeza, unindo gestualidade teatral, emoções e profundos impulsos. “As imagens que acompanham o texto têm um papel vital de mostrar a fisicalidade dos personagens, num ‘espetáculo para ler’, onde não há atores, apenas caracteres que se comunicam através da voz de um único narrador", define Cacá

 


publicidade

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895