DJ e produtor Pierce Fulton morre aos 28 anos

DJ e produtor Pierce Fulton morre aos 28 anos

Segundo o irmão do artista, Pierce lutava há anos contra uma doença psíquica, mas o ano passado foi ainda mais difícil para ele

R7

DJ e produtor Pierce Fulton morre aos 28 anos nos EUA

publicidade

DJ e produtor norte-americano Pierce Fulton, que trabalhou com o também DJ e produtor de música eletrônica Martin Garrix, morreu na última quinta-feira (29). A notícia foi divulgada pelo irmão do artista, Griff Fulton, nesta segunda-feira (3), que não revelou a causa da morte.

De acordo com Griff, o irmão, de 28 anos, lutava contra uma doença mental há anos, mas o ano passado foi ainda mais difícil para o DJ. Na sequência, Griff encorajou a todos os seguidores e fãs do artista a ajudarem outras pessoas que estejam enfrentando alguma doença psíquica.

Ele ainda elogiou a trajetória do irmão na música. "Ele era um especialista em absolutamente tudo o que pretendia e tinha essa incrível capacidade de reter conhecimento diferente de qualquer pessoa que eu já conheci. A única palavra que realmente pode descrever suas habilidades é gênio."

Leia abaixo o post de Griff na íntegra:

"Olá a todos. Com o coração em pedaços venho compartilhar com vocês que meu irmão Pierce faleceu na noite de quinta-feira após uma trágica luta com sua saúde mental. 

Pierce estava incrivelmente cheio de vida, amor e criatividade inimaginável. Ele era gentil, atencioso, atencioso, bobo e doce. A pessoa mais mágica que todos nós fomos abençoados em conhecer, ouvir e ver. Ele era um especialista em absolutamente tudo o que pretendia e tinha essa incrível capacidade de reter conhecimento diferente de qualquer pessoa que eu já conheci.

A única palavra que realmente pode descrever suas habilidades é gênio. Ele poderia cativar uma sala de estranhos em um piscar de olhos com apenas uma esperança - fazer com que todos se sentissem amados, confortáveis ​​e bem-vindos. Ele viajou pelo mundo durante a maior parte de uma década fazendo o que amava e cultivou amizades poderosas com tantas pessoas maravilhosas ao longo do caminho, realizando mais em sua carreira na música do que a maioria poderia sonhar em realizar na vida. Ele amava muito todos vocês e queria dar-lhes tudo o que tinha; e ele tinha muito para dar.

O ano passado foi um período extremamente difícil para todos. Se você ou alguém que você conhece está tendo dificuldades, leve sua intuição a sério, fale sobre seus sentimentos e peça ajuda. Cada um de vocês é importante e amado mais do que pode imaginar.

Peço que todos vocês concentrem suas energias no futuro, em fazer a diferença através do amor e compaixão, em permanecer em contato com as pessoas próximas a vocês, em aprender e compreender mais sobre o que tantos de nós podemos estar passando, muitas vezes escondido nas profundezas de tantas camadas. Seja gentil consigo mesmo, para que também possa ser gentil com os outros. Faça uma pausa e ouça. Observe o que está ao seu redor com olhos e coração abertos. A vida é cheia de infinitas belezas, não importa o quão difícil as coisas pareçam - um dia mais brilhante está logo ali na esquina.

A todos que ouviram suas músicas, obrigado. A todos que compraram ingressos para seus shows e dançaram com ele, obrigado. A todos que tiveram a sorte de se cruzar com ele em qualquer momento da vida e o fizeram se sentir amado, obrigado".


publicidade

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895