Em "Malévola: Dona do Mal", Angelina Jolie enfrenta duas grandes batalhas
capa

Em "Malévola: Dona do Mal", Angelina Jolie enfrenta duas grandes batalhas

Personagem da atriz entra em conflito com poderosa rainha e ao mesmo tempo luta para que os laços com Aurora não se desfaçam

Por
Correio do Povo

"Malévola: Dona do Mal" promete fortes emoções

publicidade

Para os amantes das histórias da Disney, chega às telonas nesta quinta-feira  “Malévola: Dona do mal”, dirigido por Joachim Ronning. O filme mistura fantasia com aventura e coloca lado a lado nomes como Angelina Jolie, Elle Fanning, Chiwetel Ejiofor, Sam Riley, Harris Dickinson, Ed Skrein, Imelda Staunton, Juno Temple, Lesley Manville e Michelle Pfeiffer.

Neste segundo capítulo da franquia, Malévola (Angelina Jolie) enfrenta duas batalhas. Aurora (Elle Fanning) irá se casar com o Príncipe Phillip, mas a nova família da princesa não aceitará sua relação com ela. Com isso, Malévola terá que lutar para que sua relação com a afilhada, influenciada pelo outro lado do reino, não se desfaça. Além disso, entra em uma verdadeira guerra com a rainha Ingrith (Michelle Pfeiffer), que está disposta a aplicar suas doutrinas ao redor do mundo mágico.

O primeiro filme, que teve estreia em maio de 2014, ficou famoso por mudar a origem da história da "Bela Adormecida", apresentando de forma carinhosa a grande vilã do clássico infantil. A releitura arrecadou ao redor do mundo mais de 750 milhões de dólares em bilheteria.

União de forças

Em entrevista à revista People, Angelina Jolie afirmou que necessitou unir forças para interpretar a personagem novamente. Nos últimos anos, a artista tem passado por momentos impactantes em sua vida. Em 2013, ela se submeteu a uma mastectomia dupla para prevenir o câncer de mama. Já em 2016, a atriz se separou de Brad Pitt, com quem tinha relacionamento há mais de uma década. "Foi uma época difícil. Eu estava vindo de alguns anos de dificuldade, e não estava me sentindo muito forte. Na verdade, eu estava me sentindo quebrada. Precisei de um tempo para sentir a força de Malévola novamente", disse.

Crítica

"Malévola: Dona do Mal" de uma forma geral não tem agradado a crítica especializada. No renomado site Metacritic, o filme obtém até o momento 44 pontos, em uma escala de zero até 100.

Na plataforma, a revista Variety foi irônica e dura na avaliação, ao dar 30 pontos para a produção. "Se os Estados Unidos entrarem em guerra em algum momento no próximo ano, os especialistas terão um dia de campo com este filme [...] É apenas mais uma tarefa feia e desagradável por meio de um universo de fantasia descartável", argumentou.

Já o jornal USA Today, que atribuiu ao filme 75 pontos, destacou a performance de Angelina Jolie no papel de Malévola. "Ela (Jolie) se encaixa no personagem, bem como em seu ciclo interminável de roupas em evolução", afirmou o veículo.