Fãs de Taylor Swift fizeram o chão tremer em seus shows na Escócia

Fãs de Taylor Swift fizeram o chão tremer em seus shows na Escócia

Atividades sísmicas foram registradas em 3 shows

AFP

Quase 200 mil fãs assistiram aos três shows, que deram início à passagem de Taylor Swift pelo Reino Unido, que continuará em Londres, Cardiff e Liverpool

publicidade

Os fãs escoceses da cantora americana Taylor Swift fizeram o chão tremer durante seus shows em Edimburgo no último fim de semana, informou o Serviço Geológico Britânico (BGS, na sigla em inglês) nesta quinta-feira, 13. Duas estações de monitoramento distribuídas pela cidade registraram a atividade sísmica na última sexta, sábado e domingo em até seis quilômetros ao redor do estádio Murrayfield, onde a estrela pop se apresentava, produzida pela dança dos espectadores e a potência do sistema de som do estádio.

O BGS produziu um gráfico que mostra que as músicas "Ready For It?", "Cruel Summer" e "Champagne Problems" foram as que geraram mais entusiasmo entre os espectadores. O Serviço Geológico Britânico observou que os participantes de cada show geraram "80 kW de energia, o equivalente a cerca de 6.000 baterias de automóveis". "A reputação da Escócia como um dos públicos mais entusiasmados segue claramente intacta", disse o sismólogo do BGS, Callum Harrison.

Estes terremotos "induzidos", que não possuem origem natural, "foram detectados por instrumentos científicos sensíveis projetados para identificar a mínima atividade sísmica, mas é pouco provável que as vibrações geradas pelo show tenham alcançado outras pessoas para além daquelas que estavam próximas", afirma a agência. Segundo o BGS, a maior potência sísmica foi registrada na sexta-feira, 7, no primeiro concerto na Escócia.


Mais Lidas

Guia de Programação: a grade dos canais da TV aberta desta quinta-feira, dia 18 de julho de 2024

As informações são repassadas pelas emissoras de televisão e podem sofrer alteração sem aviso prévio

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895