Feira vai ao sistema penal e socioeducativo

Feira vai ao sistema penal e socioeducativo

Programação está sendo realizada durante todo o dia pela plataforma Microsoft Teams

Jornalista e escritor Fabiano Brasil, da Rádio Guaíba, participa da programação

publicidade

Com o objetivo de promover a participação de jovens e adultos privados de liberdade em atividades culturais, a 67ª Feira do Livro de Porto Alegre está promovendo nesta sexta uma programação especial voltada aos sistemas penal e socioeducativo. O evento está sendo realizado virtualmente na plataforma Microsoft Teams. A iniciativa é da Secretaria de Justiça e Sistemas Penal e Socioeducativo (SJSPS), por meio do Departamento de Políticas Penais, da Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe), por meio do Departamento de Tratamento Penal, e da Fundação de Atendimento Sócio-Educativo (Fase), em parceria com a Feira do Livro de Porto Alegre.

A atividade conta com a participação de autores presos e de um interno da Fase, que falam sobre as próprias produções literárias e sobre o hábito da leitura nos estabelecimentos prisionais. Marcam presença o secretário da SJSPS, Mauro Hauschild, o superintendente da Susepe, José Giovani de Souza, o patrono da Feira, Fabrício Carpinejar, e os jornalistas e escritores Marcos Piangers, Ana Cardoso e Fabiano Brasil, do programa Contraponto, da Rádio Guaíba, e do Poa Streaming.

Apenados e socioeducandos de todo o RS podem assistir ao evento e participar do debate com os autores, de acordo com a disponibilidade de cada local. A programação também será aberta ao público em geral. Com o tema "Para ler um novo mundo", a 67ª Feira do Livro de Porto Alegre está sendo realizada em formato híbrido até o dia 15 de novembro. 

Programação da Tarde (destinada ao sistema socioeducativo)

15h00 - 15h30: Abertura - Mauro Hauschild - Secretário de Justiça e Sistemas Penal e Socioeducativo; Sônia D'Ávila - Presidente da Fundação de Atendimento Sócio-Educativo; Fabrício Carpinejar - Patrono da 67ª Feira do Livro de Porto Alegre. Mediação: Organização da Feira. 

15h30: Explanação

15h30 - 16h00: Fala de Fabrício Carpinejar, Patrono da 67ª Feira do Livro 

16h00 - 16h30: Fala de Fabiano Brasil, escritor e jornalista, apresentador do programa Contraponto, da Rádio Guaíba, e diretor do canal Poa Streaming. Tema: Livro “Sonhar é fantástico” e “Relato de experiência com os socioeducandos da Fase”

16h30 - 16h40: Fala do socioeducando da Fase - Tema: "Vários pensamentos: uma voz". Tem 17 anos e participou do concurso literário da Fase. Não tinha o hábito da leitura e da escrita. No Centro de Atendimento Socioeducativo (Case), em seu dormitório, começou a ler e dedicou-se a desenvolver mais esse hábito, com o empréstimo de livros da oficina de leitura. Gosta do ambiente da biblioteca e, agora, pretende levar o hábito da leitura e da escrita para fora das grades.  

16h40 – 17h00: Fala de Felipe Truccolo Mascarenhas - O escritor faz um convite a uma viagem interior, trazendo reflexões de que as mudanças de comportamento começam a acontecer quando entendemos o verdadeiro sentido da nossa existência.

17h00 - 17h45: Debate entre os palestrantes e o público.

17h45 - 18h: Encerramento




publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895