Festival Miolo Mole tem 7h de programação para toda família

Festival Miolo Mole tem 7h de programação para toda família

Iniciativa da Doutores da Alegria alia saúde, bem estar, assistência social e cultura

Por
Vera Pinto

Palhaços da entidade farão intervenções, na agenda que inclui convidados como Palavra Cantada, Toquinho e atriz Marisa Orth, entre outros.


publicidade

A Doutores da Alegria realiza neste domingo um festival virtual com 7h de duração, em benefício da associação, que trabalha com a população em situação de vulnerabilidade e risco social, em hospitais públicos de São Paulo, Recife e Rio de Janeiro. Apresentado pela Faber Castell e com patrocínio da Roche, o Festival Miolo Mole ocorrerá das 10h às 17h, com a participação de nomes consagrados da música e teatro e transmissão via Facebook (@doutores), Youtube (@tvdoutores) e Instagram (@doutoresdaalegriaoficial e @faber_castell_br) e Canal 500 da Claro/Net. A programação completa está disponível no site www.festivalmiolomole.com.br.

Distantes dos hospitais pela primeira vez em 28 anos de história, por conta da pandemia, os palhaços passaram a criar conteúdo em suas casas desde março. Como resultado, o projeto Delivery Besteirológico já ultrapassa a marca de 5,5 milhões de visualizações em todas as plataformas, com vídeos direcionados às crianças, pais e profissionais de saúde. Este festival dá seguimento à premissa da instituição, em permanecer em atividade com relevância, mesmo com o isolamento social. Originalmente previsto para o Parque Villa-Lobos (SP), foi revisto e adaptado para a transmissão online, reforçando a vocação dos besteirologistas em fazer uso da arte e da sensibilidade para transformar momentos difíceis.

A abertura será com o ator e fundador dos Doutores da Alegria, Wellington Nogueira, tendo como co-anfitriões a atriz Marisa Orth e o diretor artístico do grupo, Ronaldo Aguiar. Além de apresentar o trabalho da associação, as intervenções em estúdio também contarão com uma entrevista do neurologista Fernando Gomes, com foco na saúde mental. Na agenda, Beatles para Crianças; Palavra Cantada; os próprios Doutores da Alegria e ainda os shows de Toquinho, comemorando seus 50 anos de carreira, com participação da cantora Camilla Faustino, no encerramento do festival. Todas as demais atividades serão pilotadas pelos palhaços: um pic-nic matinal, uma aula de alongamento com o educador físico Márcio Atalla, uma oficina com o ator e produtor Daniel Warren, dicas de gastronomia, além de esquetes, contação de histórias, jogos e brincadeiras para a família. Nos intervalos está prevista uma seleção especial de desenhos animados do Cartoon Network.


Criada em 1991, a Doutores da Alegria introduziu a arte do palhaço no universo da saúde. Transitando pelos campos da saúde, cultura e assistência social, considera a cultura como um mínimo social a que todos têm direito. Desenvolve o Programa de Palhaços em 12 hospitais (SP e PE) e o Programa Plateias Hospitalares (RJ), com programação artística permanente em sete hospitais. O trabalho é gratuito para os hospitais e mantido por doações de empresas e de pessoas. Em sua escola, desenvolve programas de formação para jovens aspirantes a palhaços, artistas e palhaços profissionais e cursos e oficinas dirigido a um público mais diversificado, em busca de novas experiências e autodesenvolvimento. Cria também espetáculos e intervenções urbanas.