Filmes gaúchos são premiados na Mostra Sesc de Cinema

Filmes gaúchos são premiados na Mostra Sesc de Cinema

Obras serão exibidos gratuitamente até sexta-feira na Sala Redenção da UFRGS

Correio do Povo

Gabriel Honzik ganhou dos prêmios com o curta “Temporal”

publicidade

A Mostra Sesc de Cinema premiou na noite de segunda-feira os destaques estaduais do evento, seguido das exibições de “O Caçador de Árvores Gigantes” e “Em 97 era assim”, que marcaram o início da programação. A iniciativa, que apresenta de forma gratuita até sexta-feira 19 filmes na Sala Redenção (Paulo Gama, 110), laureou obras nas categorias Montagem, Desenho de Som, Direção de Atores, Direção de Fotografia, Direção de Arte, Roteiro, Conjunto da Obra e Direção.

A distribuição de senhas ocorre no local, uma hora antes do início das sessões. A seleção é composta por filmes de animação, ficção e documentários, e dentre as temáticas abordadas estão: arte e seus processos; sistema carcerário; prostituição; trabalho doméstico; ditadura; memórias, entre outras. Além das exibições, serão realizados debates com realizadores a fim de explanar sobre o filme, a produção, seu processo criativo e discussões que suscitam a obra.

Confira os destaques da Mostra Sesc de Cinema:

Destaque Em Montagem:
Ricardo Zauza e Tatiana Sanger
Filme: “Central”

Destaque Em Desenho De Som
Felipe Rocha Steffens
Filme: “Lipe, Vovô e o Monstro”

Destaque Em Direção De Atores
Zeca Brito e Léo Garcia
Filme: “Em 97 Era Assim”

Destaque Em Direção De Fotografia
Gabriel Honzik
Filme: “Temporal”

Destaque Em Direção De Arte
Luciano Scherer e Guilherme Soster
Filme: “Ruby”

Destaque Em Roteiro
Maria Carmencita Job
Filme: “‘N’ de Vanessa”

Destaque Em Direção
Gabriel Honzik
Filme: “Temporal”

Destaque Em Conjunto Da Obra
Hopi Chapman e Karine Emerich
Filme: “Urhaus”

Mais Lidas

Guia de Programação: a grade dos canais da TV aberta desta quarta-feira, dia 24 de julho de 2024

As informações são repassadas pelas emissoras de televisão e podem sofrer alteração sem aviso prévio

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895