Incêndio atinge Cinemateca Brasileira em São Paulo

Incêndio atinge Cinemateca Brasileira em São Paulo

Não houve feridos no acidente que ocorreu nesta madrugada

AE

publicidade

Um incêndio atingiu na madrugada desta quarta-feira, um galpão da Cinemateca Brasileira, na Vila Clementino, zona Sul de São Paulo. O fogo começou por volta das 5h30min e foi controlado em meia hora. Segundo os bombeiros, parte do acervo foi danificada e não houve vítimas.

Responsável pela preservação da produção audiovisual brasileira, a Cinemateca é vinculada à Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura. Além de desenvolver atividades de difusão e restauração, possui um dos maiores acervos da América Latina, com cerca de 200 rolos de filmes entre longas, curtas, cinejornais e material documental composto por livros, revistas, roteiros originais, fotografias e cartazes. A Cinemateca já havia sido atingida por fogo em outras três ocasiões: 1957, 1969 e 1982.

Em dezembro, outro importante equipamento cultural de São Paulo foi atingido por um incêndio, mas de grandes proporções: o Museu da Língua Portuguesa. O incêndio começou no primeiro andar do prédio do museu, onde havia uma exposição temporária sobre o historiador e antropólogo Câmara Cascudo. Imagens de câmeras de segurança sugerem que o fogo teve início em redes de dormir, que faziam parte da mostra, após a troca de um refletor.

O brigadista local Ronaldo Pereira da Cruz morreu após tentar combater as chamas. A Estação da Luz, que funciona no mesmo complexo, foi evacuada e os trens pararam de circular.

publicidade

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895