Juiz de Nova Iorque retira acusação contra Harvey Weinstein
capa

Juiz de Nova Iorque retira acusação contra Harvey Weinstein

Ex-produtor foi liberado após pagar fiança de 1 milhão de dólares

Por
AFP

Harvey Weinstein ainda possui cinco acusações ligadas a abuso sexual

publicidade

Um juiz de Nova Iorque, nos Estados Unidos, retirou, nesta quinta-feira, uma acusação contra Harvey Weinstein, mas manteve outras cinco contra o ex-produtor de Hollywood, ligadas a casos de abuso sexual.

O pai de cinco de cinco filhos, Weinstein, de 66 anos, foi liberado após pagar fiança de 1 milhão de dólares e forçado a usar um monitor de GPS. Ele se apresentou na última audiência na Justiça e negou quaisquer relações sexuais não consensuais.

O advogado de defesa de Weinstein, Ben Brafman, afirmou na saída da corte que o desfecho acabou sendo positivo para o seu cliente. Acusado de abuso sexual por quase 100 mulheres, Weinstein foi denunciado em maio passado por agressões contra três mulheres: um estupro em março de 2013 e felações forçadas em 2004 e 2006. A imprensa americana relatou que surgiram dúvidas sobre a veracidade do testemunho de uma das vítimas citadas da denúncia original.