Lúcio Yanel é homenageado em evento em Caxias do Sul nesta segunda

Lúcio Yanel é homenageado em evento em Caxias do Sul nesta segunda

Para celebrar musicalidade do mestre dos violões, sobem ao palco diversos artistas do Rio Grande do Sul

Correio do Povo

Valor arrecadado no evento será repassado a Lúcio Yanel, que presta assistência em casa a sua companheira que sofre de Alzheimer

publicidade

Uma homenagem ao violonista Lúcio Yanel será promovida nesta segunda-feira, 20h, no Teatro da UCS (Francisco Getúlio Vargas, 1130), em Caxias do Sul, resultado da iniciativa de três amigos do instrumentista. Yanel tem se dedicado integralmente aos cuidados da esposa, portadora de Alzheimer, o que o impossibilita de fazer apresentações. O valor arrecadado com os ingressos será destinado ao músico. 

Sobem ao palco diversos artistas do Rio Grande do Sul, como Angelo Franco, César Oliveira e Rogério Melo, Antônio Gringo, Charles Arce, Cristiano Quevedo, Elton Saldanha, Gilberto Monteiro, Joca Martins, Luiz Marenco, Marcello Caminha, Pirisca Grecco, Rafael Cabo Deco, Rodrigo Zilioto, Silvio Spanholi, Tatiele Bueno, Valdir Verona, Alejandro Brittes, Xiru Pereira, Gustavo Brodinho e Yangos. 

Musicalidade que emociona

Outro apoiador do evento é o grupo Los Solidários, que realizou em Farroupilha, no mês passado, uma homenagem ao artista. Pela quantidade de participantes pode-se se ter uma ideia do quanto o Yanel é querido e figura importante para a música do Rio Grande do Sul. 

Natural de Corrientes (Argentina), Yanel se mudou para o Brasil, transformando a música gaúcha. Mestre de grandes músicos, toca com alma, vigor e emociona a todos que ouvem seu violão.

Marcado pelo seu talento na composição, Yanel tem vasta discografia. Firmou parcerias com Noel Guarany, Renato Borghetti, Luiz Carlos Borges e outros artistas. Foi diversas vezes premiado, entre eles, Prêmio Açorianos 2001 de Melhor Disco Instrumental e Melhor Instrumentista Regional, e outro Açorianos em 2004 como Melhor Disco Regional, com o “Acuarela del Sur”.


publicidade

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895