Opinião Produtora assina contrato para administra Auditório Araújo Vianna e Teatro Túlio Piva
capa

Opinião Produtora assina contrato para administra Auditório Araújo Vianna e Teatro Túlio Piva

Produtora ficará responsável pelos espaços nos próximos 10 anos

Por
Correio do Povo

Assinatura ocorreu nesta sexta-feira no Salão Nobre do Paço Açorianos

publicidade

A Opinião Produtora assinou, nesta sexta-feira, o contrato para administrar o Auditório Araújo Vianna e o Teatro Túlio Piva pelos próximos 10 anos. A cerimônia ocorreu no  Salão Nobre do Paço Açorianos, contou com a presença do prefeito Nelson Marchezan Júnior, do secretário de Parcerias Estratégicas Thiago Ribeiro e do secretário de Cultura Luciano Alabarse. 

A contratação faz parte de um amplo pacote de parcerias público-privadas (PPP) desenvolvido pelo governo municipal, que envolve concessão de serviços, gestão, reforma e modernização de espaços públicos. De acordo com o prefeito Marchezan Júnior, "esse modelo antecipa entregas de investimentos e serviços à população, gera renda e recursos, contando com a parceria privada por um interesse público. Com segurança jurídica e gigantesca expectativa de fazer da cultura algo transformador”, afirmou durante a cerimônia.

A Opinião Produtora vai investir R$ 6,1 milhões em reformas nos dois espaços. "Estamos honrados com mais esse desafio. Um sonho nosso que hoje se concretiza - assumir a administração de um dos espaços mais privilegiados de Porto Alegre, em especial para quem vive a cultura e o entretenimento", avaliou Rodrigo Machado, sócio-diretor da Opinião Produtora, durante o seu discurso. 

Com o intuito de democratizar a sua utilização e abrir o Araújo Vianna para as mais diversas manifestações culturais, a Opinião Produtora tem a intenção de continuar com a programação de eventos adotada pela casa e investir em uma inédita pluralidade de atrações. "Além dos espetáculos que vamos entregar aos porto-alegrenses no Araújo Vianna, também estamos sensibilizados com o resgate do Teatro Túlio Piva. A devolução do espaço à cidade será o mais nobre estímulo que teremos", completou.

O secretário municipal de Cultura, Luciano Alabarse, comemorou o marco. "O que me deixa sensibilizado é, além do escopo do investimento, a contrapartida. A recuperação e entrega do Teatro Túlio Piva têm uma importância simbólica para todos nós, porto-alegrenses", comemorou.